Pular para o conteúdo principal

FALA Varejista! PodCast.Sem57 - "Marketing de Experiência - Parte 4"


Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax, iniciamos mais uma Transmissão do...

FALA Varejista! PodCast
Transmissão 57 – “Marketing de Experiência – Parte 4”


FALA Varejista!

“Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.”


Dando continuidade à Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência, nesta quarta transmissão falaremos sobre as 5 Vantagens na aplicação do Marketing de Experiência.

As Vantagens da aplicação do Marketing de Experiência são inúmeros, mas para sermos mais objetivos e efetivos, falaremos do que consideramos como as 5 Maiores Vantagens do Marketing de Experiência para você conhecer, adaptar ao seu negócio e praticar.

1. Engajamento
No marketing de experiência, as empresas trabalham diretamente com as emoções dos Consumidores, e caso elas vivam momentos únicos e especiais, acabarão se tornando verdadeiros advogados da sua marca ou produto.

2. Diferencial Competitivo
Com experiências positivamente marcantes com determinada marca ou produto, a Empresa passa a se posicionar de forma diferenciada em relação aos concorrentes. Assim, a empresa ganha um novo status na mente dos seus atuais e futuros clientes, e isso representa uma efetiva Vantagem competitiva no mercado.

3. Publicidade Espontânea
Quando o cliente se sente especial e parte da estratégia da empresa no processo de compra, ele vive uma experiência que supera suas expectativas. Por isso, ele se encanta e é natural que se fidelize, tornando-se um defensor da marca. Com isso, ele acaba divulgando a organização para amigos e familiares de forma 100% gratuita.

4. Desejo
Como não poderia deixar de ser, o marketing de experiência carrega consigo uma das mais poderosas formas de realizar uma venda: o desejo. Essa é uma grande diferença quando o comparamos ao marketing tradicional, que tem um foco mais voltado para a qualidade do produto e acaba deixando de lado o sentimento do cliente.

5. Faturamento
Quando você trabalha para promover uma experiência que gera desejo e encantamento junto ao consumidor, os preços dos produtos ou serviços passam a ser apenas mais um detalhe no processo de compra. Comprovadamente as pessoas não se importam em pagar mais caro por algo que vai proporcionar uma grande satisfação. Uma vez que a empresa pode cobrar mais caro, ela acabará aumentando as vendas e o faturamento.

Agora que já detalhamos “O que é Marketing de Experiência”, você deve estar se perguntando como essa estratégia pode funcionar no dia a dia do cliente... Nós também falaremos sobre isso, mas isso é assunto para a próxima transmissão...

Muito obrigado e até lá... nos vemos no Portal SOU Varejista! www.souvarejista.com.br ou em algum ponto da BR – 101... Até lá!!!

ESCUTE O PODCAST AQUI:

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

Rally M+is - Transamazônica

"Falar é fácil, quero ver fazer!" Partindo de Cabedelo (PB) Quantas vezes você já ouviu esta frase, todas as vezes que você teve uma ideia inovadora; todas as vezes que você pensou em fazer algo, realmente, inovador, diferente? Quantas vezes diante, da descrença das pessoas, você vacilou e desistiu? Nós não desistimos! Amadurecemos nossa ideia até o ponto de ser colhida, até o ponto ideal para ser colocada em prática, até a hora de Agir! Nossa ideia pode até parecer uma completa loucura, uma insensatez, mas foi pensada e planejada nos seus mínimos detalhes: detalhes Bons e Ruins, Ações e Reações, Atitudes e Consequências, Forças e Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, o Que, Onde, Porque, Quem, Como, Quando, Quanto... Planejamento concluído e exaustivamente testado e aprovado chegou a hora da Ação! Sem esquecer que a vida do Empreendedor é (ou, necessariamente, deveria ser) um eterno looping de PDCA: Planejar, Desenvolver, Controlar, Ajustar, Planejar...

FALA Varejista! PodCast.Sem56 - "Marketing de Experiência - Parte 3"

Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax , iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! PodCast Transmissão 56 – “Marketing de Experiência – Parte 3” FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” Dando continuidade à Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , nesta terceira transmissão falaremos sobre os 5 Tipos de Experiência . Vamos destacar as características de cada Experiência e contextualizar com um exemplo prático no Ponto de Vendas, para maior clareza da situação. 1. Sentidos Experiências proporcionadas através dos 5 Sentidos , o chamado Marketing Sensorial , são utilizadas desde os primórdios do Varejo. A Experimentação é uma poderosa estratégia de Marketing e Vendas. No Ponto de Vendas, cheirinho de pão fresquinho ou de um cafezi

FALA Varejista! PodCast.Sem58 - "Marketing de Experiência - Parte 5"

Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax, iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” Para Encerrar a Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , nesta quinta e última transmissão falaremos sobre a Aplicação do Marketing de Experiência no dia-a-dia das Empresas e dos Clientes. Quem nunca exclamou a plenos pulmões, algo do tipo “A Empresa de Energia me deixou no prejuízo” (Experiência Negativa) ou “O Pastel de Nata da Padaria São José é inigualável” (Experiência Positiva). Como podemos perceber, as Experiências estão presentes no dia-a-dia do Consumidor. As Marcas, também já perceberam isso e criam, constantemente, estratégias para alcançar e influenciar as mais íntimas percepções do consumidor. Desta forma o pr