Pular para o conteúdo principal

FALA Varejista! PodCast.Sem51 - "Conformidade Operacional"


FALA Varejista!


“Qualquer mudança não planejada é defeito; todo defeito não corrigido é problema.”


Toda Empresa deve controlar as mudanças planejadas e analisar criteriosamente as consequências de mudanças “não planejadas”, os chamados defeitos, tomando ações para corrigir quaisquer efeitos indesejados.

O principal objetivo deste Planejamento e Controle é garantir que a parte operacional da Empresa esteja estruturada de forma a entregar produtos e serviços consistentes para o Cliente. Assim, é preciso assegurar que todos os processos operacionais serão executados, exatamente, como foram planejados.

Para isso destacamos 5 (cinco) aspectos fundamentais para garantir a Conformidade Operacional, que deverá ser controlada, regularmente, através de Auditorias de Conformidade.

1. Determinar os Requisitos
A primeira providência é determinar “o que” deverá ser entregue ao Cliente, seja na forma de produto ou serviço. Quais os requisitos que formam a Entrega de Valor da Empresa. Todas as atividades precisam ser direcionadas ao cumprimento dos requisitos estabelecidos para a entrega do produto ou serviço.

2. Definir Critérios de Avaliação
Neste ponto é preciso definir “como” serão avaliados os processos e as atividades necessárias à entrega do produto ou serviço ao Cliente, estabelecendo todos os fatores específicos da execução da Entrega de Valor.

3. Determinar os Recursos
Todos os recursos necessários para alcançar a Conformidade Operacional deverão ser disponibilizados, dentro dos cronogramas de execução das atividades, para que a falta destes recursos não justifique os defeitos.

4. Introduzir o Controle
Neste ponto é preciso introduzir a Auditoria de Conformidade para determinar formas de controle, que mostrem se o processo está entregando tudo que foi planejado, e corrigir eventuais defeitos.

5. Determinar Melhoria Contínua
Para finalizar, é preciso manter todas as informações documentadas que demonstrem a evolução dos processos e atividades a cada período de avaliação. O objetivo é garantir a continuidade dos processos e a sustentabilidade das Melhorias Contínuas.

Quando dizemos que algo está melhor ou pior, precisamos ter uma base comparativa. Os registros das informações nos dão esta base.

Aqui cabe alertar que sem Planejamento não existe Conformidade e a Efetividade Operacional jamais será alcançada.

Na próxima transmissão falaremos sobre o Varejo FISITAL: Físico, Integrado e Digital.

Muito obrigado e até lá... nos vemos no Portal SOU Varejista! www.souvarejista.com.br


ESCUTE O PODCAST AQUI:

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

Rally M+is - Transamazônica

"Falar é fácil, quero ver fazer!" Partindo de Cabedelo (PB) Quantas vezes você já ouviu esta frase, todas as vezes que você teve uma ideia inovadora; todas as vezes que você pensou em fazer algo, realmente, inovador, diferente? Quantas vezes diante, da descrença das pessoas, você vacilou e desistiu? Nós não desistimos! Amadurecemos nossa ideia até o ponto de ser colhida, até o ponto ideal para ser colocada em prática, até a hora de Agir! Nossa ideia pode até parecer uma completa loucura, uma insensatez, mas foi pensada e planejada nos seus mínimos detalhes: detalhes Bons e Ruins, Ações e Reações, Atitudes e Consequências, Forças e Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, o Que, Onde, Porque, Quem, Como, Quando, Quanto... Planejamento concluído e exaustivamente testado e aprovado chegou a hora da Ação! Sem esquecer que a vida do Empreendedor é (ou, necessariamente, deveria ser) um eterno looping de PDCA: Planejar, Desenvolver, Controlar, Ajustar, Planejar...

FALA Varejista! PodCast.Sem56 - "Marketing de Experiência - Parte 3"

Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax , iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! PodCast Transmissão 56 – “Marketing de Experiência – Parte 3” FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” Dando continuidade à Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , nesta terceira transmissão falaremos sobre os 5 Tipos de Experiência . Vamos destacar as características de cada Experiência e contextualizar com um exemplo prático no Ponto de Vendas, para maior clareza da situação. 1. Sentidos Experiências proporcionadas através dos 5 Sentidos , o chamado Marketing Sensorial , são utilizadas desde os primórdios do Varejo. A Experimentação é uma poderosa estratégia de Marketing e Vendas. No Ponto de Vendas, cheirinho de pão fresquinho ou de um cafezi

FALA Varejista! PodCast.Sem54 - "Marketing de Experiência - Parte 1"

Numa Parceria de Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax, iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” A partir desta transmissão iniciamos a Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , então sem blá-blá-blá, sem embromation, direto ao ponto, o que é Marketing de Experiência? Certamente vocês já ouviram falar de Marketing Estratégico, Marketing Pessoal, Marketing Político, Marketing de Guerrilha, Marketing Digital, Neuro Marketing, Inbound Marketing, Endo Marketing, VTL Marketing , etc, etc... Misturando tudo isso, passamos pelo Marketing de Relacionamento , para criar um caso de amor com seus Clientes, como dizia Kotler, pelo Marketing Sensorial , para usar todos os sentidos – tato, olfato, visão, audição e paladar – para atrair e reter mais Cl