Pular para o conteúdo principal

FALA Varejista! PodCast.Sem45 - "Gestão de Estoques"


FALA Varejista!


“Se é preciso fazer, faça... Muito, muito, muito bem feito. Por incrível que pareça é bem mais fácil do que explicar porque não foi feito.”


A sobrevivência de uma empresa depende da sua Efetividade Operacional... Da efetiva Gestão de seus Recursos Econômicos, dos seus Processos Produtivos e das Pessoas. A Gestão de Estoques é um dos processos e tem um papel fundamental nos negócios. Sem ele, o abastecimento de produtos para a comercialização pode ficar comprometido, gerando grandes prejuízos.

Isto pode afastar os Clientes de um Negócio, já que não encontram o que desejam. Assim, é essencial ter uma boa Gestão de Estoque, com base em melhores práticas da área

A Gestão de Estoque é uma das Etapas mais importantes da Cadeia de Suprimentos, pois alimenta as vendas nas lojas físicas e virtuais. É um processo que, também, busca reduzir custos e gerar um fluxo constante e bem estruturado de entrada e saída de produtos.

Sem Produtos não existe Vendas; sem Estoque as atividades de qualquer empresa são paralisadas. Por isso a Gestão de Estoques é uma questão de sobrevivência.

Temos observado que a Armazenagem nas Lojas é a área que recebe a menor atenção dos Varejistas. Depósitos desorganizados, escuros e sujos são uma constante em lojas de todos os segmentos do Varejo. Em muitos casos, há um verdadeiro abismo entre a qualidade da frente de loja e da retaguarda, por se tratar de uma área que o Cliente não tem acesso. Essa visão tem levado muitos varejistas à falência...

Vejamos três razões para introduzir ou manter boas práticas na Gestão de Estoque na sua Empresa:

Excelência no Atendimento aos Clientes
A Gestão efetiva dos itens em Estoque consegue assegurar o rápido abastecimento da loja evitando perdas de vendas e garantindo a satisfação dos Clientes.

Esta é a hora da verdade: colocar o produto na mão do Cliente... De nada adianta toda sua estratégia de Marketing e Vendas se a Empresa não consegue entregar o produto no tempo certo, no lugar certo.


Aperfeiçoamento do Processo de Compras
Uma Efetiva Gestão de Estoques garante um Processo de Compras ajustado à realidade da Empresa. Como já dissemos, comprar bem significa vender bem.

A Gestão de Mix de Produtos e a Gestão de Acordos Comerciais dependem, necessariamente, de boas práticas na Gestão de Estoques, que não pode ser o elo mais fraco na Cadeia de Suprimento da Empresa.


Redução de Custos
Uma boa Gestão de Estoque garante a rotatividade adequada de produtos, evitando custos desnecessários com armazenagem e perdas diversas com a movimentação e conservação dos produtos nos Depósitos;

Da mesma forma que avaliamos as vendas por metro², devemos avaliar a otimização do espaço nos Depósitos para garantir as atividades de Armazenagem, Controle e Movimentação de Produtos e de Pessoas.

Finalizando, podemos dizer que se a Loja é o coração do Processo de Vendas, a Gestão de Estoques é o sistema circulatório que o alimenta...

Na próxima transmissão falaremos sobre Gestão do Caixa. Muito obrigado e até lá! Nos vemos no Portal SOU Varejista! www.souvarejista.com.br

ESCUTE O PODCAST AQUI:

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

Rally M+is - Transamazônica

"Falar é fácil, quero ver fazer!" Partindo de Cabedelo (PB) Quantas vezes você já ouviu esta frase, todas as vezes que você teve uma ideia inovadora; todas as vezes que você pensou em fazer algo, realmente, inovador, diferente? Quantas vezes diante, da descrença das pessoas, você vacilou e desistiu? Nós não desistimos! Amadurecemos nossa ideia até o ponto de ser colhida, até o ponto ideal para ser colocada em prática, até a hora de Agir! Nossa ideia pode até parecer uma completa loucura, uma insensatez, mas foi pensada e planejada nos seus mínimos detalhes: detalhes Bons e Ruins, Ações e Reações, Atitudes e Consequências, Forças e Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, o Que, Onde, Porque, Quem, Como, Quando, Quanto... Planejamento concluído e exaustivamente testado e aprovado chegou a hora da Ação! Sem esquecer que a vida do Empreendedor é (ou, necessariamente, deveria ser) um eterno looping de PDCA: Planejar, Desenvolver, Controlar, Ajustar, Planejar...

FALA Varejista! PodCast.Sem56 - "Marketing de Experiência - Parte 3"

Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax , iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! PodCast Transmissão 56 – “Marketing de Experiência – Parte 3” FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” Dando continuidade à Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , nesta terceira transmissão falaremos sobre os 5 Tipos de Experiência . Vamos destacar as características de cada Experiência e contextualizar com um exemplo prático no Ponto de Vendas, para maior clareza da situação. 1. Sentidos Experiências proporcionadas através dos 5 Sentidos , o chamado Marketing Sensorial , são utilizadas desde os primórdios do Varejo. A Experimentação é uma poderosa estratégia de Marketing e Vendas. No Ponto de Vendas, cheirinho de pão fresquinho ou de um cafezi

FALA Varejista! PodCast.Sem54 - "Marketing de Experiência - Parte 1"

Numa Parceria de Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax, iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” A partir desta transmissão iniciamos a Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , então sem blá-blá-blá, sem embromation, direto ao ponto, o que é Marketing de Experiência? Certamente vocês já ouviram falar de Marketing Estratégico, Marketing Pessoal, Marketing Político, Marketing de Guerrilha, Marketing Digital, Neuro Marketing, Inbound Marketing, Endo Marketing, VTL Marketing , etc, etc... Misturando tudo isso, passamos pelo Marketing de Relacionamento , para criar um caso de amor com seus Clientes, como dizia Kotler, pelo Marketing Sensorial , para usar todos os sentidos – tato, olfato, visão, audição e paladar – para atrair e reter mais Cl