Pular para o conteúdo principal

FALA Varejista! PodCast. Sem27 - "Tipos de Exposição de Produtos"


FALA Varejista! 


“Esqueça Modelos e Padrões; a melhor fórmula é a que vende... Entenda de Clientes, Pessoas; de Demanda.” 


Falar, descrever os tipos de exposições de produtos, seria chover no molhado; então vamos falar, estrategicamente, como tirar a maior rentabilidade dessas exposições. 

Mas para não dizer que eu não falei das flores, vamos citá-las para contextualizar a nossa transmissão... 

Podemos classificar as exposições em dois grupos: quanto ao tipo e quanto à localização dos mesmos no ponto de vendas... Quanto à localização, temos o ponto natural, o ponto extra, a ilha, o display de check out, etc, etc, etc... Aqui quem manda é a criatividade: se vender, faça... Exponha!! 

Quanto aos tipos temos exposições verticais, horizontais e mistas... É sobre este último tipo que iremos falar nesta transmissão, porque para atender com Excelência a Diversidade de Clientes nos Pontos de Vendas, o melhor tipo de exposição é a mista. 

Vertical da Categoria, Horizontal da Marca, com uma faixa Vertical das Mascas para promover Acessibilidade: assim deveriam ser todos as exposições de produtos num país com tanta Diversidade de Clientes como o nosso. Esta regra vale para o varejo alimentar e o seu conceito pode e deve ser usado em outros segmentos do varejo, com as devidas adaptações. 

Este tipo de exposição potencializa o Merchandising, aumenta as vendas e pode aumentar a sua rentabilidade, pois permite negociar com os fornecedores o melhor posicionamento dos seus produtos nas gôndolas. 

Desta forma o Merchandising passa a ter importância estratégica no negócio, porque pode "aumentar os lucros", simplesmente, “arrumando mercadorias”... Sem falar que uma loja organizada é muito mais atrativa e vende muito mais... Tá bom p'rá você?! 

Na próxima transmissão falaremos sobre Liderança... Muito obrigado e até lá! Nos vemos no Portal SOU Varejista! www.souvarejista.com.br

Escute o PodCast AQUI:

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

Motivação x Entusiasmo

"Nada de grandioso chegou, algum dia, a ser alcançado sem entusiasmo.” [Ralph Waldo Emerson] Mais um Work Shop, mais uma Palestra e a velha questão vem à tona: motivação. O que percebo, é que a grande maioria das pessoas está olhando, diariamente, para os céus à espera de instruções para seguir em frente. Há um verdadeiro eclipse do pensamento. As pessoas simplesmente desistiram de pensar e desta forma se sentem inteiramente perdidas, limitadas a garantir suas subsistências. Por outro lado, sempre que ouço uma solicitação de algum trabalho voltado à motivação do pessoal, fico com as orelhas em pé: quais as verdadeiras razões para a demanda? Há um real desejo de desenvolvimento das pessoas pelas pessoas ou trata-se apenas de uma demanda por mais produtividade? Mas esta é outra história. Inicialmente, vamos entender a diferença entre ‘motivação’ e entusiasmo (automotivação). Conforme sempre falo, a diferença entre motivação e entusiasmo fica explicitada em u

Arista - Até o Fim do Mundo

"Arista - Até o Fim do Mundo" é um Romance-Ficção Científica-Aventura; é, também, uma inquietante tentativa de responder as perguntas sobre as origens do que escrevo: as lembranças que afloram em minha mente e eu não sei precisar se são, realmente, lembranças ou sonhos ou delírios.  "Se os "nomes" ou "fatos", descritos, te fizerem lembrar de um lugar, uma pessoa, uma situação; se você experimentar uma sensação de déjà vu... Tenha certeza: você pode não ser a pessoa que pensa que é... Então, não perca tempo: deixe tudo que estiver fazendo e venha para Colina, Comuna de Sinnamary, Guiana Francesa, para iniciar a busca da sua verdadeira história... Procure-me no Hotel Concorde, Apto 201... Acredito ser Carlos Eduardo Romero" 100,0% dos Royalties deste Produto será destinado às Ações Sociais do i2: instituto integrum que atua na Formação e Qualificação de Operadores e Empreendedores Varejistas e na Promoção da Acessibilidade no Varejo de Produtos e

Bodega High Tech - 01 para 01

Longe se vai os dias de inauguração (1.916) da primeira loja de Auto-Serviço no mundo: a Piggly Wiggly . Mais "recentemente" (1.930) os dias do primeiro Supermercado: o King Kullen . Depois vieram os Hard Discount ( Aldi ), os Category Killers ( Toys ‘U’ Us, Leroy Merlin ), os Hipermercados ( Carrefour ), e finalmente os Warehouse Clubs ( Sams Club, Costco ). Paralelo a esta evolução no formato do varejo, vivenciamos a Evolução do Marketing 1.0 : mercado centrado no Produto, onde prevalecia a máxima de Ford: “Um carro pode ter qualquer cor, desde que seja preto.” - passando pelo Marketing 2.0 : voltado para o Consumidor – para o Marketing 3.0 : voltado para os Valores, cujo objetivo é fazer do mundo um lugar melhor, considerando um mercado de seres humanos com coração, mente e espírito, com uma proposição de valor funcional, emocional e espiritual e, finalmente, pelo menos até o próximo Big Show, chegando, finalmente, ao Marketing 4.0 , a era da Transformação Digital