Pular para o conteúdo principal

Varejo & Diversidade & Inclusão


“Falar de Diversidade não é sobre ‘coisas de viado’, é sobre ‘ser’ humano; reconhecer que ‘somos todos iguais, isto é: diferentes’.” 

Desde 1.999, na virada do milênio, trabalhamos com o conceito de Diversidade no Varejo. A partir de 2.007, com a fundação da integrum Consultoria, introduzimos o Processo de Desenvolvimento da Excelência no Atendimento à Diversidade Humana no escopo de nossa Proposta de Valor, mesmo quando nos avisavam, em tom de alerta, que poderíamos nos “queimar” com essa “conversa”, porque isso era, na época e ainda hoje, “coisa de viado”. 

Desde essa época nos apropriamos do slogan “somos todos iguais, isto é: diferentes” de uma Campanha da L’Oreal, linha Coiffeur. De lá para cá muita coisa mudou. 20 anos após nosso “despertar” sobre a questão da Diversidade no Varejo, vejo com orgulho as atenções voltadas para o termo “Inclusão” no Retail’s Big Show 2.019 da NRF - National Retail Federation dos United States of America. Yes! We are inclusive! Direto de New York, New York, a Big Apple, a cidade que se pretende mais inclusiva do mundo, um grande movimento pela “Inclusão” no Varejo. 

A Modinha “da hora” que movimenta o movimento, sugerindo que está na hora “da roda grande passar dentro da roda pequena”, é o “Gênero X”: algo como um passe de mágica que transforma anos de luta em espetacular e midiática inclusão. Diga-se de passagem, a modinha já estava / está “incluída” no nosso Conceito de Atendimento à Diversidade. Deixando as “modinhas” de lado, porque, isso sim, pode queimar a sua imagem e a imagem da sua Marca, falemos um pouco sobre o Conceito da Diversidade Humana que defendemos. 

O termo “diversidade” em todas as suas acepções, é aquele que nos possibilita identificar, definir e ou falar da “Variedade” – termo bem comum no Varejo – e da “Diferença” que podem apresentar alguns aspectos entre si, assim como nos possibilita destacar a miríade de “coisas” e “cousas” que convivem em um determinado contexto em particular. No nosso “caso”, “causo”, “case”, a miríade de Clientes de uma “casa comercial”, “loja”, “mercado”, “bodega”, “store”. 

Nesta “FALA!” colocamos a “Inclusão” num patamar estratégico para oferecer aos Varejistas os argumentos necessários para convencê-los a investir em Infraestrutura e Atendimento voltados à Diversidade Humana com o claro objetivo de despertar o interesse de Gestores Públicos e Privados para a necessidade de uma urgente adequação da Legislação, Construção e Manutenção dos equipamentos públicos e privados de uso público que garantam a inclusão, para garantir o direito natural de ir e vir, assegurando o usufruto dos direitos à saúde, educação, trabalho, lazer, livre expressão das ideias e escolhas de todos e de cada cidadão residente em um Município, pois é no município que tudo acontece. 

No âmbito do Varejo, isto significa assegurar o amplo, geral e irrestrito direito de realização das intenções de compra, de todo e cada cidadão, tendo asseguradas as suas especificidades características das diferenças: a Diversidade. 

Para finalizar, se me permitem, uma última recomendação: que Varejistas trabalhem o Conceito da “Diversidade” da mesma forma que trabalham o conceito da “Variedade” em suas lojas; com uma única e essencial diferença: em “Variedade” falamos de “coisas”; em “Diversidade” falamos de “Pessoas”... Sejamos pessoas que pensam em pessoas e têm vocação, prazer em servir a “Diversidade Humana” no Varejo de Produtos e Serviços.


[Sousa, Vital. FALA Varejista! #2. No Prelo]


Vital Sousa
VTL Marketing

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

PROCURA-SE: Consultor de Varejo

CONSULTOR DE VAREJO (CNPJ / MEI)  Para compor Equipe de Plataforma Omnicanal de Desenvolvimento Humano Organizacional , buscamos profissionais com Graduação em Administração e/ou Marketing com desejável Especialização em Finanças e Controladoria e/ou Gestão de Pessoas; COM ou SEM Experiência em Operação de Loja, mas com necessária experiência como Facilitador de Treinamentos Operacionais e Gerenciais.  O Profissional deverá compor o Quadro de Consultores da VTL Marketing, sendo co-responsável pelo desenvolvimento dos Treinamentos e Cosultorias na sua área de atuação.  Oferecemos Excelente Ambiente de Trabalho + Honorários + Comissões + Participação nos Lucros.  Perfil Empreendedor; Fã / Praticante de Rally; Espírito de Aventura e Disponibilidade para viagens de média (meses) duração no Norte / Nordeste são diferenciais que completam o Perfil dos Profissionais que buscamos.  Interessados deverão enviar Currículo para vtlmarketing4.0@gmail.com e destacar no assunto a área de a

Rally M+is - TransNordestina

Rally M+is -  TransNordestina Suape (PE) - Pecém (CE) "O Rally da TransformAÇÃO" Propósito: O Rally M+is em sua IV Edição – Rally M+is – TransNordestina – estará focando suas expertises no Varejo Alimentar: origem da proposta de trabalho da VTL Marketing . Suas atividades estarão focadas no desenvolvimento e/ou ampliação do relacionamento dentro da Cadeia de Suprimento, além da Qualificação de Empreendedores e Operadores e Varejistas para enfrentar a R-Evolução 4.0 ; para trabalhar com foco na nova realidade do Varejo e do Novo Consumidor Omnicanal. O que eu ganho com isso? - Consumidores: MELHOR Atendimento, Preço, Qualidade, Variedade e Conforto; - Varejistas: MAIS Qualificação, Vendas e MELHOR Gestão e Rentabilidade; - Transportadoras : MAIS Embarques, Precisão, Rapidez, Pontualidade e Eficiência; - Distribuidores: MAIS Mix, Giro, Clientes e MELHOR Rentabilidade e Liquidez; - Indústrias: MAIS Vendas, Previsibilidade e MELHOR Rentabilidade! O Roteiro: N

10 Perguntas Demolidoras

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio. A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio. Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores. Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma as