Pular para o conteúdo principal

Eu Quero Ser EU!


Como Facilitador e Palestrante procuro/espero, sempre, pela "pergunta perfeita": aquela que faz com que tudo faça sentido; que faz com que eu possa discorrer claramente sobre o tema do Evento, alcançando a eficácia total na transferência de conhecimento. Isto para nós é o objetivo fundamental de qualquer treinamento, mas estas perguntas são fatos raros, tão raros quanto as competências que favorecem/possibilitam a ocorrência das mesmas.

Em nossos eventos de qualificação buscamos a excelência através do desenvolvimento do trinômio (Atitude + Habilidades Interpessoais + Habilidades Técnicas); deixamos de lado o termo "Motivar" e focamos no "Despertar". Por isso quando despertamos algum participante para uma "pergunta perfeita", alcançamos o Olimpo.

Na última ocorrência a pergunta perfeita veio em forma de constatação mais que perfeita. No meio de uma acalorada discussão sobre compromisso versus comprometimento, alguém disparou:

- Bem que me avisaram. Porque nos seus treinamentos, sempre, acontece essa confusão?

Fez-se um silêncio sepulcral e todos ficaram estáticos, atentos à minha resposta. Não precisei de "amortecedor": fui direto ao ponto citando Dali, o Salvador...

- "É preciso provocar, sistematicamente, confusão. Isso promove a criatividade. Tudo aquilo que é contraditório gera vida"... Por isso que em nossos treinamentos é exatamente isso que fazemos: despertamos a criatividade das pessoas para que elas possam construir uma nova realidade no seu trabalho e na sua vida.

Fui ovacionado por alguns segundos, minutos talvez: eu estava parado no tempo. Recobrei a consciência com o pessoal de apoio avisando que o Coffee Break estava Ok! Não havia mais nada a fazer naquele momento: fui encher o bucho pois a minha autorrealização estava satisfeita, eu havia alcançado a Plenitude do meu Prpósito.

Esta semana a pergunta veio em forma de e-mail, recebido de um Cliente, com uma Matéria  com o Título de "As 10 competências mais raras entre profissionais brasileiros". Um texto falando sobre as competências mais raras e procuradas pelas Empresas no processo de seleção de seus colaboradores. Nem preciso dizer que o "Pensamento Crítico" e a "Criatividade" estavam no topo do ranking, mas direi e reforçarei minhas palavras com a opinião de quem tem como missão a "Seleção da Espécie". O texto refere-se a um estudo feito pela Consultoria de Educação Corporativa AfferoLab e traz dados mais aprofundados sobre os fatores que travam as contratações. De forma geral, a conclusão é que as habilidades mais importantes sob o ponto de vista dos empregadores também são as mais difíceis de achar. 

Vejam o Ranking, segundo o estudo, que ouviu empresas de diversos setores entre abril e maio de 2016:

Competência / Índice de Escassez (0-5)

Resolução de problemas complexos 4,03
Pensamento crítico 3,63
Atitude empreendedora 3,56
Criatividade 3,56
Habilidade para trabalhar com diferentes culturas 3,52
Habilidade para comunicação oral e escrita 3,48
Raciocínio lógico 3,39
Facilidade para se relacionar 3,34
Facilidade de aprender 3,28
Habilidades matemáticas e numéricas 3,08

“Pensamento Crítico” e “Atitude Empreendedora”, ficaram em 2º e 3º lugar entre as habilidades mais raras, talvez, em função das suas íntimas ligações com a atual situação econômica do pais e do mercado de trabalho.

Em momento de Crise é de suma importância a presença de pessoas com perfil analítico e capacidade de questionar verdades "absolutas" nas Equipes, para aumentar a eficiência dos processos. Pessoas empreendedoras ou autônomas, que conseguem andar com as próprias pernas e se viram bem com poucos recursos, também são muito necessárias e procuradas.

“Criatividade” apareceu empatada em 3º lugar com “atitude empreendedora”. Segundo o estudo da Affero Lab, o resultado pode refletir a dificuldade de assumir riscos num momento de crise econômica no Brasil. Afinal, num ambiente em que tudo está mudando, não é fácil adotar uma postura ousada e assumir os riscos de uma ideia inteiramente nova. Paradoxalmente, o apetite por inovação é maior do que nunca em boa parte das empresas. A principal conclusão do estudo para o profissional brasileiro é a necessidade de não se tornar um “sedentário” na carreira.

“As empresas estão cada vez mais exigentes na hora de contratar e exigem habilidades que poucas pessoas têm. Por isso, mais do que nunca, é importante investir em qualificação e nunca se acomodar”. O esforço compensa: em meio ao “apagão” de talentos, os poucos profissionais realmente bem preparados serão disputados a tapa pelos empregadores — com ou sem crise.

Para finalizar, quero revelar e renovar o meu desejo de Ano Novo; quero fazer minha profissão de crença no ser humano. No Ano Novo "Eu quero ser Eu": quero continuar, sistematicamente, provocando confusão e despertando pessoas...

- Sigam-me os que forem confuseiros!


Vital Sousa
VTL Marketing & Vendas

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

O Sorriso do Coringa

Lá pela segunda metade dos anos 80, depois de um “papo cabeça” com um psicanalista, passei de “Yuppie Carrancudo” para “Grunge Sorridente”. Os colegas diriam que por culpa da crise dos trinta, eu, melhor dizendo, diria que "graças" à crise dos trinta. Aceitei o conselho do profissional recomendado para acompanhar algumas mudanças na vida pessoal e profissional. Na época o termo ainda não virara moda, mas passei por um processo de Coaching de Carreira. O conselho, segundo o profissional, deveria resolver metade dos meus problemas... WOW!!! Um conselho bastante tentador, impossível de não ser acatado, pelos resultados prometidos e também pela simplicidade: - Sorria. Metade dos seus problemas vão sumir... Sorria!!! À primeira vista o conselho era muito fácil de ser seguido, afinal quem não sabe sorrir, sorrir é algo natural, sorrir é o melhor remédio para tudo... Porque eu não havia pensado nisso antes? Precisei gastar uma grana preta para descobrir o óbvio? Ao inv

Bodega High Tech - 01 para 01

Longe se vai os dias de inauguração (1.916) da primeira loja de Auto-Serviço no mundo: a Piggly Wiggly . Mais "recentemente" (1.930) os dias do primeiro Supermercado: o King Kullen . Depois vieram os Hard Discount ( Aldi ), os Category Killers ( Toys ‘U’ Us, Leroy Merlin ), os Hipermercados ( Carrefour ), e finalmente os Warehouse Clubs ( Sams Club, Costco ). Paralelo a esta evolução no formato do varejo, vivenciamos a Evolução do Marketing 1.0 : mercado centrado no Produto, onde prevalecia a máxima de Ford: “Um carro pode ter qualquer cor, desde que seja preto.” - passando pelo Marketing 2.0 : voltado para o Consumidor – para o Marketing 3.0 : voltado para os Valores, cujo objetivo é fazer do mundo um lugar melhor, considerando um mercado de seres humanos com coração, mente e espírito, com uma proposição de valor funcional, emocional e espiritual e, finalmente, pelo menos até o próximo Big Show, chegando, finalmente, ao Marketing 4.0 , a era da Transformação Digital

PROCURA-SE: Consultor(a) Financeiro

CONSULTOR DE GESTÃO DE FINANÇAS (CNPJ / MEI)  Para compor Equipe de Plataforma Omnicanal de Desenvolvimento Humano Organizacional , buscamos profissionais com  Graduação, preferencialmente, em Ciências Contábeis e/ou Administração , com desejável Especialização em Controladoria e Finanças e/ou Marketing ; Sólida Experiência em Operação de Varejo e/ou Controladoria.  O Profissional fará parte do Quadro Consultores da VTL Marketing e será co-responsável pelo desenvolvimento de soluções, além da Coordenação dos Serviços de Treinamento e Desenvolvimento em sua área de Gestão.  Empreendedor, Fã / Praticante de Rally; Espírito de Aventura e Disponibilidade para viagens de média (meses) duração no Norte / Nordeste são diferenciais que completam o Perfil dos Profissionais que buscamos. Oferecemos Excelente Ambiente de Trabalho + Honorários + Comissões à Combinar + Participação nos Lucros.  Interessados deverão enviar Currículo para vtlmarketing4.0@gmail.com e destacar no assunto a