Pular para o conteúdo principal

Holding On


Dica 045 - Holding não é problema: é solução!


O jeitinho brasileiro tem transformado uma solução em problema. Estamos falando das Holdings que vêm despertando cada vez mais a atenção dos contribuintes, com as últimas notícias sobre tendências de taxação de grandes fortunas. 

Utilizadas para concentrar participações societárias ou administrar bens, elas despertam interesse de grupos empresariais e famílias por razões diversas, dentre elas:

1- Proteção do patrimônio, segregando a vida social entre a holding e seus sócios (e suas empresas investidas);

2- Planejamento tributário, com interesse na economia tributária através da elisão fiscal;

3- Um melhor nível de estruturação do negócio e profissionalização dos Sócios com enfoque administrativo; e

4- Planejamento Sucessório adentrando ao contexto familiar, que pode inclusive extinguir o processo de inventário e partilha.

Com estas características as holdings se transformaram na menina dos olhos dos contribuintes, entretanto, estas empresas, também, viraram a menina dos olhos da Receita Federal. O aumento quantitativo e qualitativo da fiscalização tem levado a um crescente número de autuações, normalmente com a determinação de baixa de ofício de pessoas jurídicas não existem de fato. É justo, é muito justo é justíssimo.

Defendemos esta ênfase na fiscalização para separar o joio do trigo: separar holdings corretamente constituídas e utilizadas, daquelas que servem, apenas, para simulação, evasão fiscal e outras hipóteses de crimes contra a ordem tributária.

Para conciliar o crescente interesse dos Contribuintes e do Fisco, nossa dica, para Empresas ou Famílias evitarem riscos fiscais e jurídicos, é selecionar criteriosamente os profissionais das áreas Contábeis e Jurídica que cuidarão do processo de Planejamento e Constituição e Administração da Holding, seja ela Empresarial ou Familiar.

No caso das holdings familiares, recomendamos a leitura concomitante da Dica 007 sobre Sucessão Familiar.


Vital Sousa
VTL Marketing & Vendas

 Fonte: Sousa, Vital. 100 Dicas & 001 Conselho. Recife, 2015

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

A Cartilha do ABC

Há alguns dias li uma notícia, num site sobre empreendedorismo, que uma empreendedora havia alcançado sucesso em seu negócio com uma inovação: ela estava produzindo sapatos ao gosto do Cliente, isto é: customizados ou personalizados ou, ainda, taylor made – sob medida.
- Como é que é?! Inovação!? Mas quando!?
Sou do tempo que sapatos, roupas, chapéus, joias e outros acessórios e adornos eram confeccionados sob medida e encomenda dos Clientes, então, para mim, esta empreendedora não está inovando: está fazendo o que é bastante comum no mundo da moda: voltando ao passado; fazendo uma releitura de um processo de produção. Não vou me aprofundar neste “revival” calçadista, porque a leitura da noticia me inspirou a fazer minha própria “inovação”: uma Cartilha do ABC para ensinar empreendedores e varejistas o “bê-a-bá” da Gestão de Estoques, Vendas Clientes, Cobrança, Capital de Giro e o fundamental Fluxo de Caixa. A Cartilha do ABC é uma ferramenta gerencial que serve para isso e muito mais.
C…

Rally M+is - TransNordestina

Rally M+is TransNordestina
"O Rally da TransformAÇÃO"

Apresentação / Propósito:
O Rally M+is em sua IV Edição – Rally M+is – TransNordestina – estará focando suas expertises no Varejo Alimentar: origem da proposta de trabalho da VTL Marketing. Suas atividades estarão focadas no desenvolvimento e/ou ampliação do relacionamento dentro da Cadeia de Suprimento, além da Qualificação de Empreendedores e Operadores e Varejistas para enfrentar a R-Evolução 4.0; para trabalhar com foco na nova realidade do Varejo e do Novo Consumidor Omnicanal.
O que eu ganho com isso?

- Consumidores:
MELHOR Atendimento, Preço, Qualidade, Variedade e Conforto;
- Varejistas:
MAIS Qualificação, Vendas, Gestão e Rentabilidade;
- Transportadoras:
MAIS Embarques, Precisão, Rapidez, Pontualidade e Eficiência;
- Distribuidores:
MAIS Mix, Giro, Clientes, Rentabilidade e Liquidez;
- Indústrias:
MAIS Vendas, Previsibilidade e Rentabilidade!
O Roteiro:
Neste momento de R-Evolução 4.0, o Percurso do Rally M+is – TransNordestina…

10 Perguntas Demolidoras

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio.
A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio.
Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores.
Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma associação mundial de…