Pular para o conteúdo principal

Lucro é o grande barato!


- Porque você insiste em vender só o que é barato?

- É o que o povo quer – preço baixo. Ninguém tá podendo não. O povo não tem dinheiro. Nem emprego tem. E o que é barato gira logo, vende muito.

- Mas você só tem cliente com poder aquisitivo baixo na tua loja?

- É o que eu vejo por aqui.

- Mas e o dono do posto de gasolina da esquina? O dono da padaria? O do bar? A dona da loja de presentes? Acho que até você faz compras em outros lugares...

- É verdade. Tem coisas lá pra casa que tenho que comprar fora...

- Isso se chama sortimento – você tem que procurar saber o que teus clientes e possíveis clientes precisam e querem. Ver o que você poderia oferecer aqui, pra que eles não precisem ir a outro canto.

- E eu sou adivinho agora?

- Não. Tem que fazer pesquisa. Perguntar a eles. Trazer essa gente pra perto e dizer que está aqui pra servi-los, envolve-los num projeto de expansão de ajuste de sortimento, dizer que essa é a loja de vizinhança “deles” e que comprar aqui será uma boa experiência.

- Eles até procuram por umas coisas caras, que eu não vendo aqui. São tudo metido a rico.

- Se eles procuram é porque querem comprar. E se você tiver sempre esses itens com preço competitivo, eles vão comprar aqui. Você tá é perdendo oportunidades e não tá se dando conta disso.

- Mas eu não posso compra uma caixa de whisky 12 anos e outras coisas caras e ficar aqui esperando eles virem aqui comprar. Assim eu quebro.

- Claro que não. Tem que chamar aqui os fornecedores e fazer um acordo de reposição ajustada, comodato e outras parcerias que te permitam aumentar o mix de acordo com o sortimento do público alvo. Depois tem que divulgar – abrir alguns canais de comunicação pra que eles saibam e se lembrem de que você tem o que eles querem. Claro que você não se pode deixar de vender o que já vende, pra não perder os clientes que já tem. Mas tem que buscar mais clientes, aumentar o ticket de venda, diluir os custos e aumentar a rentabilidade, o lucro.

- Taí uma coisa que tenho saudade – lucro.

- Se continuar assim, não vai ver lucro tão cedo. Eu li que em 2015 a Apple vendeu 18,3% dos smartphones do mercado mundial e embolsou 92% de todo o lucro desse segmento. Isso mostra que tem muita gente comprando iPhone e pagando o preço que acredita que ele vale. Gente assim, tá por toda sua vizinhança. Abra o olho. Arregaça as mangas e vai à luta.

- O que você quer dizer com isso?

- Quero te dizer que tem público próximo de você que tem que ser atraído pra tua loja com produtos que eles compram por aí e que tem produtos que deixam boas margens. Se você conseguir juntar a fome com a vontade de comer, vai ter um bom resultado. Pense nisso, monte um plano, chame seus fornecedores e veja se consegue viabilizar esse projeto.

- Tô entendendo. Acho que estou muito acomodado mesmo. Preciso ser mais proativo. Diz aí por onde começamos?

- Começamos?

- É meu Consultor! Deu o mote...


Mauro Ramos

Consultor Organizacional

Os Mais Lidos Da Semana!

GUIA ACESSÍVEL - Supermercados - Hiper Moinho Oliveira

SOU Varejista desde os meus 8 anos de idade e nunca me canso de valorizar as Melhores Práticas neste segmento. Aliás, o GUIA ACESSÍVEL - Comércio & Turismo tem este objetivo, ampliado para incorporar a causa da Acessibilidade de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida. Assim juntamos o útil ao agradável identificando Pontos de Vendas que respeitam a Diversidade Humana e Oferecem Excelência no Atendimento ao Cliente. O Hiper Moinho Oliveira, em Macaparana (PE), é um desses exemplos que temos orgulho em divulgar em nosso Guia.

Com uma planta de 780 m² muito bem organizada para dar maior Conforto e Comodidade oferecendo excelentes experiências de Compras aos seus Clientes, a partir do estacionamento, muito bem sinalizado, podemos observar que estamos visitando um Ponto de Vendas construído para oferecer Qualidade e que, sem sombra de dúvidas, é referência para a Cidade e para a Região. Mas tem mais: do Guarda Volumes ao Fraldário, ziguezagueando pelos corredores largos, claros e…

10 Perguntas Demolidoras (AP-InCo)

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio.
A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio.
Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores.
Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma associação mundial de…

De Volta ao Futuro! (AP II)

O Reveillon é um momento de luzes e cores: o branco da paz; o amarelo da prosperidade; o azul da harmonia; o verde da saúde; o laranja da vitalidade - esta deveria ser  a minha cor favorita; o vermelho da paixão... Um verdadeiro arco-íris de desejos e felicitações para um ano que se inicia, iluminado pelas luzes dos fogos de artifício e ao som do hit do dia: Vai Malandra!
No meio dessas "ondas" uma foto em preto e branco grita aos quatro ventos e aos quatro cantos da world wide web. Através de um post transversal nas redes sociais, alguém publica uma foto do fotógrafo Lucas Landau, que me conecta, imediatamente, com os versos de um hai kai...
"Pinto meu rosto Para me ver exposto, Sonhar em cores."
... Que, para mim, traduzem o "grito" do menino à beira mar com os olhos refletindo os fogos de artifício. Meu primeiro ímpeto é perguntar, como se ele me escutasse, "Você tem fome de que?"; "Você tem sede de que?" Porque você dá as costas à todas…