Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Shopping Metrô

Na minha curva de decisão para escolher o metrô, como transporte prioritário em grandes centros, estão os seguintes quesitos: rapidez, preço, conforto e segurança. Mas em minha última incursão no metrô de recife (PE) os dois últimos quesitos da curva perderam sua representatividade em minha decisão. Como trabalho com desenvolvimento de Equipes de Vendas, estou substituindo estes quesitos pelo aprendizado. Isto mesmo, estou trocando conforto e segurança por aprendizado. Conforto e segurança no Metrô de recife, tem sido, gradativamente, substituído por um verdadeiro Shopping Popular ou, melhor dizendo, um Camelódromo, onde dezenas de empreendedores informais ajudam a superlotar os vagões, tirando a segurança e o conforto do transporte, com o fluxo ininterrupto de vendedores que empurram e estapeiam os passageiros enquanto gritam seus argumentos de vendas e as características e benefícios de seus produtos.
Adeus Conforto: nos vagões superlotados, quem não consegue um assento corre o risco…

Motivação: Vide Bula!

Ouro, prata ou bronze? Não importa a cor do metal dos sonhos conquistado em rompantes de força, coragem, determinação, superação e, necessariamente, motivação. Em 17 dias de Olimpíadas tivemos de tudo um pouco. Domesticamente o Brasil ultrapassou o número de medalhas conquistadas na Olimpíada anterior (Londres, 2.012). No Placar, a marfa de 16 à 19. Mas o que aconteceria com esta marca sem as medalhas dos “desconhecidos”? Se considerarmos, apenas, o Cara da Canoa, daria um empate de 16 à 16. Mas temos, ainda, o Cara do Boxe; a Mina da Maratona Aquática, o Cara do Tiro, o Cara do Salto com Vara, o Cara do Taekwondo... Bem, assim já seria uma derrota pelo placar de 16 à 11. 
Foi o Cara do Taekwondo, mais precisamente o0 seu discurso, que me chamou a atenção para um fenômeno destas Olimpíadas: a proliferação do profissional que cuida das “cabeças” dos atletas. Psicólogo, Personal Coach, Life Coach, Coach Esportivo, etc, etc... Seja lá com qual denominação, muitos foram apresentados à “Míd…

SORRIA, Eu Sou O Cliente!!!

A Campanha #SORRIA, Eu Sou O Cliente! Cumpriu o seu objetivo: virou Artigo, Palestra, virou até um livro; para não deixar escapar a oportunidade de contar uma boa história e não deixar de aprender com ela, afinal toda história tem uma moral. Moral da história: sorrir, ainda, é o melhor remédio, para quase tudo, mas para isso haja resiliência!!!
A origem da Campanha #Sorria foi um “causo” de Mau Atendimento, agora, com o livro prestes a ser publicado, retomamos a Campanha em função de... Imaginem: outro “causo” de péssimo atendimento. Para quem quer ver o lado positivo de tudo, destacamos a evolução de mau para péssimo atendimento. Neste caso, um “causo” do que costumo chamar de “Surto Sistêmico”: um momento onde todo sistema de atendimento falha de forma retumbante e sistêmica. As causas para a ocorrência do surto são muitas: vão desde as péssimas condições de trabalho de operadores até operadores mal intencionados em busca de um turn over forçado para não “perder os direitos”. Em todo…

Apensar dos Pensares

Parafraseando o título de uma famosa peça do teatro nacional, vamos começar este artigo com um trocadilho que, espero, se tornará o símbolo deste artigo e, em um futuro próximo, de um livro ou uma “seleta”: substantivo coletivo de textos escolhidos.

- Abstrair e Pensar é só começar!!!

Identificaram a peça? Não! Pense mais um pouco! Pense mais! Ainda não? Deixe para lá... Continue leitura! Acredito que a tarefa de identificar a peça será mais facilmente cumprida por leitores mais identificados com as artes cênicas. Para os que preferem um bom sofá e um televisor, com dezenas de polegadas, ligado numa Empresa de televisão por assinatura, traduzirei minha inspiração:

- Trair e Coçar é só começar!!!

Venhamos e convenhamos uma excelente comédia; venhamos e convenhamos um trocadilho infame. Venhamos e convenhamos caro leitor, quem em sã consciência leria um artigo ou um livro que começa assim? Bem, se você chegou até este ponto da leitura, então já está lendo. Então, para premiar sua perseveran…