Pular para o conteúdo principal

Padrinhos Mágicos


Há uma previsão de que, até 2.019, 80% do conteúdo da internet será publicado através de vídeos. No rastro dessa informação, uma avalanche de “Tutoriais Mágicos” está invadindo páginas e mais páginas da web, especialmente nas Redes Sociais. No meio de tantos vídeos, o que m vem à cabeça é um anúncio que já se tornou um ícone da geração “Meme”: “Trago a pessoa amada de volta em 3 dias”. Nestes anúncios, no rodapé, em letras miúdas, não é raro encontrar a ressalva: “Mas é preciso ter fé”. Antes de partirmos para atualizar es ícone dos anúncios esotéricos, dando-lhe outras finalidades, vamos compreender o que chamo de “Tutoriais Mágicos” e seus respectivos “Padrinhos”.

Acredito que o leitor, ávido consumidor de Redes Sociais, antes de iniciar a leitura deste artigo, já deve ter visualizado, no mínimo, três publicações anunciando os mais diversos métodos, fórmulas, passos para alcançar o sucesso nas mais diferentes atividades do mundo Virtual e Real. A primeira vista temos soluções para todos os problemas da humanidade, e todos os tipos de atividades econômicas, inclusive, fórmulas mágicas para produzir um “vídeo matador”. São soluções para todos os tipos de empreendedores e, principalmente, para todos os tipos de “bolsos”, pois estes anúncios são “iscas” e não entregam, totalmente, o que dizem. Há, quase sempre, após a “mordida”, um conteúdo “adicional” que será liberado mediante o pagamento de um valer qualquer, que satisfaça a ânsia de dinheiro fácil dos dois lados da negociação. Mas mesmo com o pagamento, os “Padrinhos” – autores dos anúncios – não fornecem qualquer garantia de resultados, mas, em outras palavras, alardeiam que “é preciso ter fé”. Estes são os “Tutoriais Mágicos” e seus “Padrinhos” do sucesso fácil e rápido.

Lamento informar, mas tenho más notícias: nada disso funciona – a não ser para os próprios Padrinhos. O que eles vendem, na verdade, são “verdades absolutas” que não existem. Infelizmente, em tempos de crise, estes anúncios proliferam e fazem mais vítimas do que negócios e pessoas bem-sucedidas.

Se algum desses vídeos te convenceu, se agora você está acreditando em alguma “verdade absoluta”, para e pese; pense outra vez; antes de morder a “isca”. Se precisar, pare o que está fazendo, mude de lugar, tome um cafezinho, saia da “zona de conforto” para onde está se deixando levar. Lembre-se que sucesso se alcança com muito trabalho dedicação e disciplina; que o desenvolvimento pessoal e empresarial é um processo longo e não linear. Lembre-se que só as suas experiências, a prática do dia-a-dia, podem indicar caminhos que podem levar pessoas e empresas a fazerem mudanças equilibradas, autênticas e sustentáveis. A grande Mágica é pensar diferente, questionar tudo que se apresente como “verdades absolutas”, não se deixar levar pelos “Padrinhos Mágicos”.

Pensar diferente: isso me faz lembrar que vivo dizendo que é preciso pensar diferente, pensar em 3-D: Diariamente, Demonstrável e Diferente. Mas, ao contrário dos “Padrinhos”, não anuncio uma verdade absoluta e sempre faço uma ressalva: pensar diferente não leva, necessariamente, ninguém a agir diferente, mas, sem dúvida é um começo, um ponto de partida para “abrir a cabeça” e promover o desenvolvimento da criatividade e de uma maior consciência na tomada de decisões.

Em outras palavras, para finalizar, vou citar um dito popular que, também, repito com frequência: “Eu mostro o caminho das pedras, mas se você quiser pisar em cabeça de jacaré, a escolha é sua”, ou seja, se quiser “morder a isca” que o faça conscientemente.



Vital Sousa
integrum Consultoria

Os Mais Lidos Da Semana!

Motivação x Entusiasmo

"Nada de grandioso chegou, algum dia, a ser alcançado sem entusiasmo.” [Ralph Waldo Emerson] Mais um Work Shop, mais uma Palestra e a velha questão vem à tona: motivação. O que percebo, é que a grande maioria das pessoas está olhando, diariamente, para os céus à espera de instruções para seguir em frente. Há um verdadeiro eclipse do pensamento. As pessoas simplesmente desistiram de pensar e desta forma se sentem inteiramente perdidas, limitadas a garantir suas subsistências. Por outro lado, sempre que ouço uma solicitação de algum trabalho voltado à motivação do pessoal, fico com as orelhas em pé: quais as verdadeiras razões para a demanda? Há um real desejo de desenvolvimento das pessoas pelas pessoas ou trata-se apenas de uma demanda por mais produtividade? Mas esta é outra história. Inicialmente, vamos entender a diferença entre ‘motivação’ e entusiasmo (automotivação). Conforme sempre falo, a diferença entre motivação e entusiasmo fica explicitada em u

Arista - Até o Fim do Mundo

"Arista - Até o Fim do Mundo" é um Romance-Ficção Científica-Aventura; é, também, uma inquietante tentativa de responder as perguntas sobre as origens do que escrevo: as lembranças que afloram em minha mente e eu não sei precisar se são, realmente, lembranças ou sonhos ou delírios.  "Se os "nomes" ou "fatos", descritos, te fizerem lembrar de um lugar, uma pessoa, uma situação; se você experimentar uma sensação de déjà vu... Tenha certeza: você pode não ser a pessoa que pensa que é... Então, não perca tempo: deixe tudo que estiver fazendo e venha para Colina, Comuna de Sinnamary, Guiana Francesa, para iniciar a busca da sua verdadeira história... Procure-me no Hotel Concorde, Apto 201... Acredito ser Carlos Eduardo Romero" 100,0% dos Royalties deste Produto será destinado às Ações Sociais do i2: instituto integrum que atua na Formação e Qualificação de Operadores e Empreendedores Varejistas e na Promoção da Acessibilidade no Varejo de Produtos e

Rally M+is - Transamazônica

"Falar é fácil, quero ver fazer!" Partindo de Cabedelo (PB) Quantas vezes você já ouviu esta frase, todas as vezes que você teve uma ideia inovadora; todas as vezes que você pensou em fazer algo, realmente, inovador, diferente? Quantas vezes diante, da descrença das pessoas, você vacilou e desistiu? Nós não desistimos! Amadurecemos nossa ideia até o ponto de ser colhida, até o ponto ideal para ser colocada em prática, até a hora de Agir! Nossa ideia pode até parecer uma completa loucura, uma insensatez, mas foi pensada e planejada nos seus mínimos detalhes: detalhes Bons e Ruins, Ações e Reações, Atitudes e Consequências, Forças e Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, o Que, Onde, Porque, Quem, Como, Quando, Quanto... Planejamento concluído e exaustivamente testado e aprovado chegou a hora da Ação! Sem esquecer que a vida do Empreendedor é (ou, necessariamente, deveria ser) um eterno looping de PDCA: Planejar, Desenvolver, Controlar, Ajustar, Planejar...