Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

Vendas Sazonais (AP-InCo)

"Vem chegando o Verão"... Assim como outras épocas do ano, no Verão há produtos e serviços que vendem mais que em outras épocas do ano. Para entender melhor o processo, tomemos o exemplo de uma Delicatessen Regional, especializada em Caldos e Sopas. É natural que os negócios vão muito bem durante o inverno e que se obtenham lucros formidáveis ao longo da estação – a sazonalidade é positiva, nesse caso, mas quando chega o Verão...
Se os gestores não se prepararem para a longa “barrigada” nas vendas durante a primavera e o verão, poderão enfrentar sérios problemas na administração – aí, temos a sazonalidade negativa.
No caso dos caldos e Sopas, a sazonalidade é influenciada por fatores climáticos. Além disso, os picos e quedas nas vendas podem ser motivados por datas comemorativas (Natal, Dia das Mães), grandes eventos (Copa e Olimpíadas) e crises econômicas.
Para ajudar empreendedores que vendem produtos e serviços sazonais, relacionamos 4 Dicas para vender mais na hora certa.
1.…

Presente de Grego

Especialistas recomendam atenção em compras de última hora. Mesmo com pressa, os consumidores não deixem de observar detalhes sobre o produto, como por exemplo se a loja aceita fazer trocas
A comemoração do Natal e a troca de presentes ocorrem no sábado (24) e no domingo (25), mas nem todos compraram as lembranças com antecedência.
Muitos consumidores deixaram para ir aos shoppings no último momento, seja por falta de tempo, algum presente esquecido ou desejo de aproveitar as promoções para os itens que sobraram no estoque.
Para quem foi ou ainda irá às compras, entidades de defesa do consumidor recomendam atenção.
“Quem não comprou ainda, o bom é sair com lista, saber o que vai comprar”, recomendou a advogada Maria Inês Dolci, coordenadora da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste). Segundo ela, é preciso calma para enfrentar as filas e a demora normais no período.
Ela aconselha ainda que, mesmo com pressa, os consumidores não deixem de observar detalhes sobre o produto. …

Empreendedorismo Engajado

"As coisas não mudam, nós é que mudamos." [Henry David Thoreau]
Falar de Empreendedorismo Engajado é fácil, quero ver fazer... Já ouvi muito esta frase e continuo fazendo e vendo outros fazerem e os que falam continuam, apenas, falando.
Qualquer semelhança com a realidade NÃO terá sido mera coincidência: é engajamento puro! A principio o que me chamou a atenção foi o contraste nas cores Azul e Branco. Gremista como sou, logo pensei: está faltando o Preto! A logo com um Duplo A destacava-se à frente do arranjo que caracteriza um Carrinho de Lanches de um Empreendedor que há 5 anos dribla a Crise e a Dependência do álcool com uma assertividade poucas vezes vista. Transformar uma Debilidade em uma Oportunidade; em Força; em Diferencial Competitivo é para poucos.
Wellington, o Empreendedor Engajado, fala abertamente o que muitos falam, apenas, nas Reuniões da Irmandade do Duplo A (Alcoólicos Anônimos) e a caracterização do Carrinho de Lanches, talvez, funcione como o seu "Ale…

Do Chão de Loja (AP-InCo)

A Cada Prospecção para eventos de Qualificação ou Consultoria, me vem a lembrança do início da minha Carreira de Consultor...
Ao completa 30 anos de experiência na Cadeia de Suprimento do Varejo; desempenhando funções na Indústria, em Distribuidores e, finalmente, no Varejo de Produtos e Serviços – onde, na verdade, iniciei minha trajetória, numa banca de confecções nas feiras livres do Agreste Pernambucano – considerei tornar-me Consultor de Varejo.
Somei, então, minhas experiências profissionais co a minha formação acadêmica e entendi que estava apto. Entendi, mas não compreendi, pois na soma de qualificações que me fariam um Consultor, não considerei o tempo em que fui do chão de loja. Esta constatação e o consequente refazimento do computo de qualificações – que, finalmente, me fizeram um Consultor de Varejo – veio à mente alguns anos após o início da nova Carreira.
Veio numa reunião com um dos primeiros Clientes, estando eu de terno e gravata, onde após algumas horas de exposição e …

TQV - Fazer Sorrir Clínica Odontológica

Com uma Proposta de trabalho já aprovada pelos Clientes de Limoeiro a Fazer Sorrir Clínica Odontológica oferece aos seus pacientes os seguintes serviços



TQV - Nova Imagem Centro de Diagnósticos

Rua Antonio Fernandes Salsa, 330
Cidade Alta - Limoeiro(PE)
Telefone: (081) 3628.4440 | 3628.1933












Eleita pela 14ª vez consectutiva como a Melhor Clínica de Limoeiro, a Nova Imagem - Centro de Diagnósticos comfirma com Acessivbilidade e Excelência no Atendimeto, a preferência dos seus Clientes.













TQV - Joaquim Neto Barbosa Advogados Associados

Há 42 anos, o Escritório Joaquim Neto Barbosa Advogados Associados(JNBAA) oferece serviços jurídicos de qualidade. Sua atuação na área de Garantia de Direitos a Idosos e Pessoas com Deficiência é referência em Pernambuco.
Por isso, para garantir a satisfação aos clientes, o escritório dispõe de profissionais comprometidos e preparados para oferecer segurança jurídica e proporcionar conhecimento de direitos básicos. Assim, foi publicado o livro Benefícios do INSS Por Incapacidade - Como Conseguir, de autoria do Dr. Joaquim Neto Barbosa, a maior referência do assunto na atualidade.
Um dos objetivos da banca jurídica JNBAA é prestar serviços à população, dirimindo dúvidas e garantindo direitos imprescindíveis para um futuro com maior tranquilidade. O escritório faz Assessoramento de causas empresariais, trabalhistas, bancárias, ficais, públicas, previdenciárias, criminais e Patrocínio Geral.

O grupo tem sede nas cidades de Limoeiro, Carpina, Gravatá e Surubim, em Pernambuco. Seus serviços…

O Legado Paralímpico

Paralímpico ou Paraolímpico? Vamos deixar esta discussão para outra hora... Agora, sem desmerecer nossos “Heróis Olímpicos”, veremos, nos próximos dias, uma Tsunami de medalhas que vai afogar a “marolinha” das 19 medalhas olímpicas. Mas deixando os nobres metais de lado, vamos compreender o que ficará depois que a onda passar.
Pelas contas do IBGE (2.010), o Brasil tem 45 milhões de Pessoas com (Alguma) Deficiência, das quais 13 milhões (Deficiência Moderada à Severa) poderiam classificar-se em alguma modalidade Paralímpica. No período dos Jogos Paralímpicos, todos estarão, quando possível, com os olhos voltados para a Cidade Maravilhosa onde tudo, ou quase tudo estará acessível. Bem, isso é o que veremos na televisão, mas aqui cabe uma pergunta: será esta a realidade das PcDs – Pessoas com Deficiência e das PMRs – Pessoas com Mobilidade Reduzida no Rio de Janeiro e em outras Capitais e Município Brasil afora? Não acredito e recomendo que não acreditem, pois a realidade é bem diferente…

TQV - LACLIM Centro Médico

O LACLIM - Centro Médico, possui mais de 30 anos de experiência na assistência a saúde, no seguimento de diagnósticos laboratoriais, voltados à rede pública e privada, no atendimento ambulatorial e hospitalar.
Ao longo dos 32 anos de trabalho, o LACLIM direcionou suas ações no sentido de proporcionar aos seus clientes atendimento diferenciado, metodologias avançadas e serviços com padrão técnico internacional; o que faz com que a empresa se destaque entre as maiores do Estado na área de prestação de serviços de diagnósticos laboratoriais, levando aos usuários atendimento digno, ágil e de qualidade. Estes direcionamentos de Atendimento estão resumidos no seu Slogan: Sua saúde merece respeito.
Tendo iniciado suas atividades como Laboratório de Análises Clínicas o LACLIM a partir de 2.014, sob a Direção das Dras. Maria Lourdes Monteiro (Analista) e Maria do Carmo Monteiro (Ginecologista), ampliou os seus Serviços para Centro Médico com as seguintes Especialidades Ginecologia, Cardiologia,

Shopping Metrô

Na minha curva de decisão para escolher o metrô, como transporte prioritário em grandes centros, estão os seguintes quesitos: rapidez, preço, conforto e segurança. Mas em minha última incursão no metrô de recife (PE) os dois últimos quesitos da curva perderam sua representatividade em minha decisão. Como trabalho com desenvolvimento de Equipes de Vendas, estou substituindo estes quesitos pelo aprendizado. Isto mesmo, estou trocando conforto e segurança por aprendizado. Conforto e segurança no Metrô de recife, tem sido, gradativamente, substituído por um verdadeiro Shopping Popular ou, melhor dizendo, um Camelódromo, onde dezenas de empreendedores informais ajudam a superlotar os vagões, tirando a segurança e o conforto do transporte, com o fluxo ininterrupto de vendedores que empurram e estapeiam os passageiros enquanto gritam seus argumentos de vendas e as características e benefícios de seus produtos.
Adeus Conforto: nos vagões superlotados, quem não consegue um assento corre o risco…

Motivação: Vide Bula!

Ouro, prata ou bronze? Não importa a cor do metal dos sonhos conquistado em rompantes de força, coragem, determinação, superação e, necessariamente, motivação. Em 17 dias de Olimpíadas tivemos de tudo um pouco. Domesticamente o Brasil ultrapassou o número de medalhas conquistadas na Olimpíada anterior (Londres, 2.012). No Placar, a marfa de 16 à 19. Mas o que aconteceria com esta marca sem as medalhas dos “desconhecidos”? Se considerarmos, apenas, o Cara da Canoa, daria um empate de 16 à 16. Mas temos, ainda, o Cara do Boxe; a Mina da Maratona Aquática, o Cara do Tiro, o Cara do Salto com Vara, o Cara do Taekwondo... Bem, assim já seria uma derrota pelo placar de 16 à 11. 
Foi o Cara do Taekwondo, mais precisamente o0 seu discurso, que me chamou a atenção para um fenômeno destas Olimpíadas: a proliferação do profissional que cuida das “cabeças” dos atletas. Psicólogo, Personal Coach, Life Coach, Coach Esportivo, etc, etc... Seja lá com qual denominação, muitos foram apresentados à “Míd…

SORRIA, Eu Sou O Cliente!!!

A Campanha #SORRIA, Eu Sou O Cliente! Cumpriu o seu objetivo: virou Artigo, Palestra, virou até um livro; para não deixar escapar a oportunidade de contar uma boa história e não deixar de aprender com ela, afinal toda história tem uma moral. Moral da história: sorrir, ainda, é o melhor remédio, para quase tudo, mas para isso haja resiliência!!!
A origem da Campanha #Sorria foi um “causo” de Mau Atendimento, agora, com o livro prestes a ser publicado, retomamos a Campanha em função de... Imaginem: outro “causo” de péssimo atendimento. Para quem quer ver o lado positivo de tudo, destacamos a evolução de mau para péssimo atendimento. Neste caso, um “causo” do que costumo chamar de “Surto Sistêmico”: um momento onde todo sistema de atendimento falha de forma retumbante e sistêmica. As causas para a ocorrência do surto são muitas: vão desde as péssimas condições de trabalho de operadores até operadores mal intencionados em busca de um turn over forçado para não “perder os direitos”. Em todo…

Apensar dos Pensares

Parafraseando o título de uma famosa peça do teatro nacional, vamos começar este artigo com um trocadilho que, espero, se tornará o símbolo deste artigo e, em um futuro próximo, de um livro ou uma “seleta”: substantivo coletivo de textos escolhidos.

- Abstrair e Pensar é só começar!!!

Identificaram a peça? Não! Pense mais um pouco! Pense mais! Ainda não? Deixe para lá... Continue leitura! Acredito que a tarefa de identificar a peça será mais facilmente cumprida por leitores mais identificados com as artes cênicas. Para os que preferem um bom sofá e um televisor, com dezenas de polegadas, ligado numa Empresa de televisão por assinatura, traduzirei minha inspiração:

- Trair e Coçar é só começar!!!

Venhamos e convenhamos uma excelente comédia; venhamos e convenhamos um trocadilho infame. Venhamos e convenhamos caro leitor, quem em sã consciência leria um artigo ou um livro que começa assim? Bem, se você chegou até este ponto da leitura, então já está lendo. Então, para premiar sua perseveran…

"No Caminho Havia Uma Pedra"

- Tempos difíceis!
- Será mesmo?
- Claro! Ou tu és cego? Não vê o pessimismo estampado na cara dessa gente? A preocupação geral com desemprego, carestia, inflação e toda essa roubalheira?
- Calma... claro que eu sei que pra quem perdeu emprego e dinheiro não vai estar bom mesmo. Mas se tínhamos 5,7 milhões de desempregados há dois anos e agora temos 11 milhões, o que mudou equivale a mais ou menos 5% de perda de empregos. E tem gente perdendo 25, 30, 50% de vendas. Isso eu não entendo.
- É a falta de perspectiva, de segurança. As incertezas que geram depressão coletiva e com isso a redução sintomática do consumo.
- Caraca! Que bonito que você falou! Até parece economista...
- Você brinca porque está empregado. Até recebeu aumento.
- Não é aumento não. São prêmios e incentivos por metas que agora temos na empresa. Vendendo mais, ganhamos ainda mais. Tá funcionando.
- Como assim? Vocês não estão sentindo a crise não?
- Claro que sim! Mas fizemos um plano de contingência, uma projeção es…