Pular para o conteúdo principal

iMOB: Quarteto Fantasticão - Experimentação



Completando a descrição dos elementos da Cultura de Atendimento Diariamente Demonstrável, Diferente e Incrivelmente Fantástica – CADIF, vamos falar da Experimentação. Lembramos que tratamos dos outros três elementos (Iluminação, Comunicação e Exposição) no Artigo iMOB: Acessibilidade no Varejo.

            Experimentação é a filha mais ilustre do Marketing Sensorial (Brand Sense) e por isso merece um Artigo exclusivo. Por isso e por ela ser a Ultra-Mega-Hiper-Super Poderosa estratégia de atração e retenção de Clientes nos pontos de Vendas físicos e até mesmo virtuais. Este tema, de forma ampla, já foi abordado no Artigo Marketing Sensorial – Brand Sense. Neste Artigo, especificamente, queremos direcionar nossa conversa para o viés da Acessibilidade, falando da experimentação para PcDs e PMRs com foco no Atendimento à Diversidade. Faremos isso utilizando um equipamento (processo) de extrema importância para a experimentação o Provador. Mas antes quero fazer um parêntesis com relação a impossibilidade de PcDs e PMRs delegarem suas percepções sensoriais para OUTRA pessoa, para exercer seus direitos de escolhas, suas opções de aroma, toque e paladar.
  
            Imagine-se fazendo compras por outra pessoa. Não PARA outra pessoa, mas POR outra pessoa. Imagine-se dazendo escolhas com percepções delegadas. Escolhendo uma roupa pelo efeito que ela provoca no toque da pele de outra pessoa; escolhendo qualquer alimento pelas sensações provocadas nas papilas gustativas de outra pessoa; escolhendo um perfume pelo aroma que ele desperta no contato com a pele de outra pessoa... Impossível. Acredito que você concordará que esta é uma tarefa impossível. Cada ‘toque, gosto ou aroma desperta sensações únicas em cada pessoa, pelo simples fato de todos sermos pessoas DIFERENTES! Neste ponto encontramos a convergência entre Acessibilidade e o Atendimento à Diversidade, pois no tocante ao Marketing Sensorial somos todos DEFICIENTES: não temos capacidade de delegar/compreender experiências sensoriais para/de outras pessoas.

            Voltamos ao Provador para defini-lo como qualquer e todo equipamento e/ou processo que promova experimentação de Produtos e Serviços. Vejamos alguns exemplos Provadores de Roupas e Calçados, Balcões e Bandejas de Degustação; Veículos de Test Drives, Amostras Grátis e mais uma infinidade de equipamentos, processos, serviços e produtos destinados à experimentação. Rapidamente vamos voltar às suas origens, lembrando as Feiras Livres e Mercados onde pequenas porções de Frutas, Laticínios, Doces, Bolos e Salgados são oferecidos aos Clientes, como pequenas provas dos tributos de qualidade dos mesmos, para atraí-los e fazê-los despertar o interesse pelo produto e compra-lo. Este é o objetivo da experimentação provocar uma compra direta ao consumidor final do produto ou serviço.

Entretanto, se PcDs e PMRs não têm acesso aos Produtos ou Serviços, como vender PARA eles?



A solução para esta questão está na Acessibilidade focada no Atendimento à Diversidade. A adaptação de pontos de vendas pelos elementos do Quarteto Fantasticão, além de ser uma Ação de Engajamento Social é uma poderosa estratégia de Diferenciação. Num mercado de concorrência acirrada, oferecer Acessibilidade é uma saída para a mesmice e a guerra de preços.

A experimentação requer Provadores; Provadores precisam ser acessíveis; Acessibilidade gera Diferenciação; Diferenciação gera Rentabilidade!



O maior desafio do Varejo é vender mais para os mesmos Clientes. Uma alternativa para este desafio é vender mais para novos Clientes, Clientes DIFERENTES, isto é todos os Clientes possíveis colocados no funil da concorrência.



Quando propomos Acessibilidade com foco no Atendimento à Diversidade, através de soluções simples de baixo investimento, estamos falando de poderosas estratégias de Diferenciação. Estamos falando de rentabilidade e sustentabilidade. Clientes DIFERENTES pode ser a salvação do seu Ponto de Vendas... PENSE NISSO!!!


Vital Sousa
i2 – instituto integrum

Os Mais Lidos Da Semana!

O Líder Situacional Sistêmico

Todos querem Comprometimento , todos querem Engajamento , todos querem colaboradores Motivados , todos querem Equipes de Alto Rendimento ... Mas, quantos se preocupam, verdadeiramente, com as Condições de Trabalho, com o Clima Organizacional, com as Pessoas Certas nos Lugares Certos, com Pessoas que pensam em Pessoas?  Acredito que os Resultados tenham a prioridade nesta lista de situações. Resultados como Objetivo e não como Consequência de um trabalho bem feito. Resultados pelos Resultados: simples assim. Não sou contra os Resultados, nem contra os que os buscam determinadamente, afinal eu estou entre eles. O Lucro não é um "Pecado". Mas, lembrando de um lugar comum, o único lugar em que o Resultado vem antes do Trabalho é no Dicionário. Se você quer Comprometimento, Engajamento, Motivação e uma Equipe de Alto Rendimento , "fora da curva", aprenda a Liderar. Aprenda a conviver com a Liderança Situacional Sistêmica . " Com talento, ganhamos partidas. Com &

10 Perguntas Demolidoras

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio. A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio. Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores. Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma as

BLITZ TQV - Qualidade Total no Varejo

Pesquisas de Satisfação são ótimos indicadores da qualidade de Produtos e Serviços. Melhor do que isto são os Guias de Críticos e Consultores que avaliam criteriosamente o Ponto de Vendas e Prestador de Serviços. Baseados nestas premissas, criamos a BLITZ TQV - Qualidade Total no Varejo , para divulgar Melhores Práticas no Varejo de Vizinhança - a famosa "Loja de Bairro" - de todos os segmentos, e garantir que Qualidade e Melhor Preço não sejam Propaganda Enganosa. A BLITZ TQV está focada em Pontos de Vendas que mereçam a nossa atenção como Referência em seu segmento de mercado, pela Excelência no Atendimento ao Cliente , que possam ser considerados como provedores de Excelentes Experiências de Compras , consideradas pela ótica dos seguintes parâmetros: Qualidade dos Produtos / Serviços, Conforto, Excelência no Atendimento ao Cliente, Conveniência (Proximidade) e Melhores Preços. Nossa avaliação será "in loco", com a utilização da