Pular para o conteúdo principal

iMOB: Quarteto Fantasticão - Experimentação



Completando a descrição dos elementos da Cultura de Atendimento Diariamente Demonstrável, Diferente e Incrivelmente Fantástica – CADIF, vamos falar da Experimentação. Lembramos que tratamos dos outros três elementos (Iluminação, Comunicação e Exposição) no Artigo iMOB: Acessibilidade no Varejo.

            Experimentação é a filha mais ilustre do Marketing Sensorial (Brand Sense) e por isso merece um Artigo exclusivo. Por isso e por ela ser a Ultra-Mega-Hiper-Super Poderosa estratégia de atração e retenção de Clientes nos pontos de Vendas físicos e até mesmo virtuais. Este tema, de forma ampla, já foi abordado no Artigo Marketing Sensorial – Brand Sense. Neste Artigo, especificamente, queremos direcionar nossa conversa para o viés da Acessibilidade, falando da experimentação para PcDs e PMRs com foco no Atendimento à Diversidade. Faremos isso utilizando um equipamento (processo) de extrema importância para a experimentação o Provador. Mas antes quero fazer um parêntesis com relação a impossibilidade de PcDs e PMRs delegarem suas percepções sensoriais para OUTRA pessoa, para exercer seus direitos de escolhas, suas opções de aroma, toque e paladar.
  
            Imagine-se fazendo compras por outra pessoa. Não PARA outra pessoa, mas POR outra pessoa. Imagine-se dazendo escolhas com percepções delegadas. Escolhendo uma roupa pelo efeito que ela provoca no toque da pele de outra pessoa; escolhendo qualquer alimento pelas sensações provocadas nas papilas gustativas de outra pessoa; escolhendo um perfume pelo aroma que ele desperta no contato com a pele de outra pessoa... Impossível. Acredito que você concordará que esta é uma tarefa impossível. Cada ‘toque, gosto ou aroma desperta sensações únicas em cada pessoa, pelo simples fato de todos sermos pessoas DIFERENTES! Neste ponto encontramos a convergência entre Acessibilidade e o Atendimento à Diversidade, pois no tocante ao Marketing Sensorial somos todos DEFICIENTES: não temos capacidade de delegar/compreender experiências sensoriais para/de outras pessoas.

            Voltamos ao Provador para defini-lo como qualquer e todo equipamento e/ou processo que promova experimentação de Produtos e Serviços. Vejamos alguns exemplos Provadores de Roupas e Calçados, Balcões e Bandejas de Degustação; Veículos de Test Drives, Amostras Grátis e mais uma infinidade de equipamentos, processos, serviços e produtos destinados à experimentação. Rapidamente vamos voltar às suas origens, lembrando as Feiras Livres e Mercados onde pequenas porções de Frutas, Laticínios, Doces, Bolos e Salgados são oferecidos aos Clientes, como pequenas provas dos tributos de qualidade dos mesmos, para atraí-los e fazê-los despertar o interesse pelo produto e compra-lo. Este é o objetivo da experimentação provocar uma compra direta ao consumidor final do produto ou serviço.

Entretanto, se PcDs e PMRs não têm acesso aos Produtos ou Serviços, como vender PARA eles?



A solução para esta questão está na Acessibilidade focada no Atendimento à Diversidade. A adaptação de pontos de vendas pelos elementos do Quarteto Fantasticão, além de ser uma Ação de Engajamento Social é uma poderosa estratégia de Diferenciação. Num mercado de concorrência acirrada, oferecer Acessibilidade é uma saída para a mesmice e a guerra de preços.

A experimentação requer Provadores; Provadores precisam ser acessíveis; Acessibilidade gera Diferenciação; Diferenciação gera Rentabilidade!



O maior desafio do Varejo é vender mais para os mesmos Clientes. Uma alternativa para este desafio é vender mais para novos Clientes, Clientes DIFERENTES, isto é todos os Clientes possíveis colocados no funil da concorrência.



Quando propomos Acessibilidade com foco no Atendimento à Diversidade, através de soluções simples de baixo investimento, estamos falando de poderosas estratégias de Diferenciação. Estamos falando de rentabilidade e sustentabilidade. Clientes DIFERENTES pode ser a salvação do seu Ponto de Vendas... PENSE NISSO!!!


Vital Sousa
i2 – instituto integrum

Os Mais Lidos Da Semana!

FLASH 4.0 - Consultoria Relâmpago

  FLASH 4.0 - Consultoria Relâmpago para deixar a sua Loja pronta para o Novo Normal, com Qualidade, Rentabilidade e Efetividade Operacional. Se você está lendo esta postagem, seguramente compartilhamos da mesma paixão pelo Varejo. Agora, gostaria da sua avaliação para este novo modelo de Consultoria que economiza tempo e dinheiro. Estou falando de uma Auditoria de Qualidade , com o objetivo de Qualificar a(s) sua(s) loja(s) para entregar Excelência no Atendimento à Diversidade de Clientes no Ponto de Vendas . A Auditoria tem 4 Módulos , que, livremente, poderão ser contratados, para atender as suas reais necessidades.   Direto ao ponto, porque tempo é dinheiro, me coloco a sua disposição para esclarecer qualquer dúvida sobre a Proposta, para entregarmos, com segurança, um Serviço de Valor e Qualidade Diferencial , compatível com o caráter e a cultura de nossas Empres O Flash 4.0 é uma Auditoria de Qualidade ; uma “tomografia” do Ponto de Vendas para corrigir defeitos e qual

FALA Varejista! PodCast.Sem56 - "Marketing de Experiência - Parte 3"

Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax , iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! PodCast Transmissão 56 – “Marketing de Experiência – Parte 3” FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” Dando continuidade à Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , nesta terceira transmissão falaremos sobre os 5 Tipos de Experiência . Vamos destacar as características de cada Experiência e contextualizar com um exemplo prático no Ponto de Vendas, para maior clareza da situação. 1. Sentidos Experiências proporcionadas através dos 5 Sentidos , o chamado Marketing Sensorial , são utilizadas desde os primórdios do Varejo. A Experimentação é uma poderosa estratégia de Marketing e Vendas. No Ponto de Vendas, cheirinho de pão fresquinho ou de um cafezi

Rally M+is - Transamazônica

"Falar é fácil, quero ver fazer!" Partindo de Cabedelo (PB) Quantas vezes você já ouviu esta frase, todas as vezes que você teve uma ideia inovadora; todas as vezes que você pensou em fazer algo, realmente, inovador, diferente? Quantas vezes diante, da descrença das pessoas, você vacilou e desistiu? Nós não desistimos! Amadurecemos nossa ideia até o ponto de ser colhida, até o ponto ideal para ser colocada em prática, até a hora de Agir! Nossa ideia pode até parecer uma completa loucura, uma insensatez, mas foi pensada e planejada nos seus mínimos detalhes: detalhes Bons e Ruins, Ações e Reações, Atitudes e Consequências, Forças e Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, o Que, Onde, Porque, Quem, Como, Quando, Quanto... Planejamento concluído e exaustivamente testado e aprovado chegou a hora da Ação! Sem esquecer que a vida do Empreendedor é (ou, necessariamente, deveria ser) um eterno looping de PDCA: Planejar, Desenvolver, Controlar, Ajustar, Planejar...