Pular para o conteúdo principal

Varejo Virtual 3-D


A Tecnologia da Informação, definitivamente, tornou-se a nova Dimensão do Varejo Mundial. É inimaginável o varejo sem os recursos tecnológicos aplicados no Atendimento e em CRM. Dentro deste universo, uma nova onda ganha volume: a Realidade Virtual ou Realidade Aumentada. Uma onda que pode transformar a Cultura de Atendimento e interação com os Consumidores.

Vamos imaginar um um consumidor na França ligando um aparelho de realidade virtual e se vê transportado para o frenesi de uma rua em Manhattan, entra numa loja de alto padrão para ver candelabros de cristal, uma espreguiçadeira com pele de carneiro e calças de luxo.

A realidade virtual, a tecnologia panorâmica com raízes em jogos, está sendo adaptada para consumidores do varejo até o ano que vem, buscando combinar a facilidade do comércio eletrônico com a sensação de compras na vida real.

A agência de marketing SapientNitro, controlada pela Publicis, trabalhou com a boutique de luxo The Line para desenvolver uma demonstração que leva pessoas à loja da marca em Manhattan, The Apartment. Ela planeja mostrar a tecnologia no Festival de Publicidade de Cannes nesta semana.

“Trata-se de criar uma sensação relevante ao que o Apartment faz”, disse o chefe de inovação global da SapientNitro, Adrian Slobin. “É uma experiência de marca de ponta baseada em SoHo e com forte curadoria.”

Usando um aparelho Samsung Gear VR com o Galaxy Note 4, observadores podem andar pela loja e fixar o olhar em pontos de interesse para se aproximar da mobília. Então eles podem ouvir uma descrição via headphones colocados com o aparelho, ver o preço e explorar ângulos diferentes. Um toque no aparelho coloca o produto num carrinho virtual.

A tecnologia ainda está no começo, mas Slobin diz que as experiências irão coincidir com o lançamento de aparelhos de realidade virtual no ano que vem.

Fonte: Reuters


Vital Sousa
integrum Consultoria

Os Mais Lidos Da Semana!

Rally M+is - Transnordestina

O Rally
O Rally M+is em sua IV Edição – Rally M+is – Transnordestina – estará focando suas expertises no Varejo Alimentar: origem da proposta de trabalho da integrum Consultoria. Suas atividades estarão focadas no desenvolvimento / ampliação do relacionamento dentro da Cadeia de Suprimento e Qualificação de Operadores e Varejistas.
O que eu ganho com isso?
De início, a resposta à pergunta que, acreditamos, surgirá no momento inicial de nossa apresentação: do Consumidor à Indústria, os Benefícios Sistêmicos da maior Interação da Cadeia de Suprimento do Varejo Alimentar.
- Consumidores: MELHOR Atendimento, Preço, Qualidade, Variedade e Conforto; - Varejistas: MAIS Qualificação, Vendas, Gestão e Rentabilidade; - Transportadoras: MAIS Embarques, Precisão, Rapidez, Pontualidade e Eficiência; - Distribuidores: MAIS Mix, Giro, Clientes, Rentabilidade e Liquidez; - Indústrias: MAIS Vendas, Previsibilidade e Rentabilidade!
O Roteiro
O Percurso do Rally M+is – Transnordestina é um retorno às origens: queremos…

10 Perguntas Demolidoras (AP-InCo)

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio.
A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio.
Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores.
Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma associação mundial de…

De Volta ao Futuro! (AP II)

O Reveillon é um momento de luzes e cores: o branco da paz; o amarelo da prosperidade; o azul da harmonia; o verde da saúde; o laranja da vitalidade - esta deveria ser  a minha cor favorita; o vermelho da paixão... Um verdadeiro arco-íris de desejos e felicitações para um ano que se inicia, iluminado pelas luzes dos fogos de artifício e ao som do hit do dia: Vai Malandra!
No meio dessas "ondas" uma foto em preto e branco grita aos quatro ventos e aos quatro cantos da world wide web. Através de um post transversal nas redes sociais, alguém publica uma foto do fotógrafo Lucas Landau, que me conecta, imediatamente, com os versos de um hai kai...
"Pinto meu rosto Para me ver exposto, Sonhar em cores."
... Que, para mim, traduzem o "grito" do menino à beira mar com os olhos refletindo os fogos de artifício. Meu primeiro ímpeto é perguntar, como se ele me escutasse, "Você tem fome de que?"; "Você tem sede de que?" Porque você dá as costas à todas…