Pular para o conteúdo principal

Somos Todos Palhaços!


Hoje tem marmelada? Tem sim Senhor! Hoje tem goiabada? Tem sim Senhor! Hoje tem espetáculo? Tem sim Senhor! E o Palhaço o que é? É ladrão de Mulher? A alegria do Palhaço é ver o Circo pegar fogo? Quem é o Palhaço? As respostas para estas perguntas residem no íntimo de cada expectador, no íntimo de cada palhaço que há em nós. Aos expectadores deixo, apenas, um conselho: não se deixe levar pelas aparências, não se deixe “flutuar”!

Para não deixar perguntas flutuando no ar, vou utilizar a resposta de outro palhaço, aliás, um grande palhaço que vive indo e voltando à minha mente com suas loucuras geniais e suas realidades fantásticas, assim como vemos nossa própria realidade, léguas à frente de nossos narizes de palhaço.

“O palhaço não sou eu, mas sim esta sociedade monstruosamente 
cínica e tão ingenuamente inconsciente que joga o jogo da 
seriedade para melhor esconder a loucura.” 

[Salvador Dali]


Vem, vamos flutuar?

Já pensou no tipo de palhaço que está no fundo da sua alma, que se mostra atrás do sorriso cínico, do siso hipócrita ou da “boca escancarada cheia de dentes” que nos chama para flutuar? Do que você se alimenta? Dos sorrisos sinceros da plateia? Das falsas promessas de maravilhas que te esperam? Você é feito de palha e se esconde com medo da chuva, com medo do vento, com medo do fogo? Como você usa a roupa de palhaço? Para externar seu ridículo, sua ingenuidade e manter sua seriedade? Ou você se esconde atrás da palha para se alimentar do medo e vencer os medrosos?

Não se deixe flutuar!

Diga a verdade, mesmo que seja dita de brincadeira. Nosso palhaço interior clama por liberdade. Despido da palha, mantenha o riso, abandone o hipócrita siso e jamais deixe de ser palhaço. Jamais deixe de escancarar a verdade. A sua verdade. Seja extravagante, absurdo, surpreendente, provocador, anarquista, infantil, desajeitado e desastrado, mas acima de todos os estereótipos conquiste a plateia com sua criatividade. Liberte o lirismo do seu palhaço interior, não interprete: seja o palhaço. Viva a divina comédia humana.

Soltar os demônios ou dar asas para as verdades que não dizemos de cara limpa – mesmo que a máscara seja transparente – é o papel mais dignificante do palhaço. Amenizar a crueza do dia-a-dia; transformar em sorrisos nossa insignificância diante do universo; revelar, em comédia, a hipócrita tragédia das relações humanas. O palhaço não é ladrão de mulher, é a mulher que se deixa roubar. A alegria do palhaço não é ver o circo pegar fogo, o circo é sua vida, o seu palco, o lugar onde o homem e o personagem tornam-se um só. O palhaço é o medo que nos devora; é a nossa coragem personificada; nosso canto de liberdade; nosso brado contra nossas personalidades risíveis.

Para encerrar, um pensamento pertinente para destacar a divisão entre palhaços e críticos:

"Todos nós vamos morrer, que circo! Só isso deveria fazer com que 
amássemos uns aos outros, mas não faz. Somos aterrorizados e 
esmagados pelas trivialidades, somos devorados por nada."

[Charles Bukowski]

Liberdade! Clamemos por liberdade para expressarmos o palhaço que há em cada um de nós... Pense nisto!!!


Vital Sousa
integrum Consultoria

Os Mais Lidos Da Semana!

FLASH 4.0 - Consultoria Relâmpago

  FLASH 4.0 - Consultoria Relâmpago para deixar a sua Loja pronta para o Novo Normal, com Qualidade, Rentabilidade e Efetividade Operacional. Se você está lendo esta postagem, seguramente compartilhamos da mesma paixão pelo Varejo. Agora, gostaria da sua avaliação para este novo modelo de Consultoria que economiza tempo e dinheiro. Estou falando de uma Auditoria de Qualidade , com o objetivo de Qualificar a(s) sua(s) loja(s) para entregar Excelência no Atendimento à Diversidade de Clientes no Ponto de Vendas . A Auditoria tem 4 Módulos , que, livremente, poderão ser contratados, para atender as suas reais necessidades.   Direto ao ponto, porque tempo é dinheiro, me coloco a sua disposição para esclarecer qualquer dúvida sobre a Proposta, para entregarmos, com segurança, um Serviço de Valor e Qualidade Diferencial , compatível com o caráter e a cultura de nossas Empres O Flash 4.0 é uma Auditoria de Qualidade ; uma “tomografia” do Ponto de Vendas para corrigir defeitos e qual

FALA Varejista! PodCast.Sem56 - "Marketing de Experiência - Parte 3"

Numa Parceria de Fix Tecnologia, Gustavo Sobreira Advogados Associados, Realiza Business e VTL Marketing e com o Apoio de Casa Primor, JAZAM Alimentos e Rações VittaMax , iniciamos mais uma Transmissão do... FALA Varejista! PodCast Transmissão 56 – “Marketing de Experiência – Parte 3” FALA Varejista! “Existe Marketing de tudo e para tudo porque, como sempre repetimos, tudo é Marketing e Marketing é tudo: simples assim.” Dando continuidade à Série de 5 Semanas falando sobre Marketing de Experiência , nesta terceira transmissão falaremos sobre os 5 Tipos de Experiência . Vamos destacar as características de cada Experiência e contextualizar com um exemplo prático no Ponto de Vendas, para maior clareza da situação. 1. Sentidos Experiências proporcionadas através dos 5 Sentidos , o chamado Marketing Sensorial , são utilizadas desde os primórdios do Varejo. A Experimentação é uma poderosa estratégia de Marketing e Vendas. No Ponto de Vendas, cheirinho de pão fresquinho ou de um cafezi

Rally M+is - Transamazônica

"Falar é fácil, quero ver fazer!" Partindo de Cabedelo (PB) Quantas vezes você já ouviu esta frase, todas as vezes que você teve uma ideia inovadora; todas as vezes que você pensou em fazer algo, realmente, inovador, diferente? Quantas vezes diante, da descrença das pessoas, você vacilou e desistiu? Nós não desistimos! Amadurecemos nossa ideia até o ponto de ser colhida, até o ponto ideal para ser colocada em prática, até a hora de Agir! Nossa ideia pode até parecer uma completa loucura, uma insensatez, mas foi pensada e planejada nos seus mínimos detalhes: detalhes Bons e Ruins, Ações e Reações, Atitudes e Consequências, Forças e Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, o Que, Onde, Porque, Quem, Como, Quando, Quanto... Planejamento concluído e exaustivamente testado e aprovado chegou a hora da Ação! Sem esquecer que a vida do Empreendedor é (ou, necessariamente, deveria ser) um eterno looping de PDCA: Planejar, Desenvolver, Controlar, Ajustar, Planejar...