Pular para o conteúdo principal

Liderança Situacional Sistêmica


Todos querem Comprometimento, todos querem Engajamento, todos querem colaboradores Motivados, todos querem Equipes de Alto Rendimento... Mas, quanto se preocupam, verdadeiramente, com as Condições de Trabalho, com o Clima Organizacional, com as Pessoas Certas nos Lugares Certos, com Pessoas que pensam em Pessoas? Acredito que os Resultados tenham a prioridade nesta lista de situações. Resultados como Objetivo e não como Consequência de um trabalho bem feito. Resultado pelo Resultado: simples assim.

Não sou contra os Resultados, nem os que o buscam determinadamente, afinal eu estou entre eles. O Lucro não é um "Pecado". Mas, lembrando um lugar comum, o único lugar em que o Resultado vem antes do Trabalho é no Dicionário.

Se você quer Comprometimento, Engajamento, Motivação e uma Equipe de Alto Rendimento, "fora da curva", aprenda a Liderar. Aprenda a conviver com a Liderança Situacional Sistêmica.


"Com talento, ganhamos partidas. Com "trabalho de equipe", paixão 
e inteligência, ganhamos campeonatos." 
[Michael Jordan]



Se você quer uma equipe de Alto Rendimento, prepare-se para lidar com a energia de pessoas inquietas e para ser muito exigido. Este é o ponto de convergência com a lista de "Desejos" que encabeça este artigo. O seu Aprendizado em Liderança Situacional Sistêmica deverá, necessariamente, estar focado em três passos:

Conhecer; Despertar; Ativar...

1 - Conhecer a equipe e promover o autoconhecimento de cada "elo da corrente" é, essencialmente, o primeiro passo para estabelecer um objetivo bem definido: as pessoas certas nos lugares certos. Uma meta que as pessoas considerem uma missão grandiosa. Equipes de Alta Performance adoram causas para defender;

2 - Despertar cada membro da Equipe para a consciência de que além das suas competências e das qualidades comuns aos bons times, como complementariedade, entrosamento e confiança é preciso gostar de desafios; fazer o melhor sempre - "o que precisa ser feito, precisa ser muito bem feito"; pensar em 3-D: Diariamente, Demonstrável e Diferente;


3 - Ativar as competências de Liderança Situacional Sistêmica que inspiram a Equipe. Líder que desenvolve Líderes que além de defenderem a causa e gostarem do desafio, transpirem uma "insatisfação pessoal permanente". Líderes de Atitude, de Ação, que saibam, por melhores que sejam os resultados, que podem fazer melhor, a começar por seu próprio desempenho.

Pressupondo que o primeiro passo foi dado com segurança, chamo a atenção para o segundo passo: Despertar, isso, Despertar, não Motivar. Motivação é externa e para transformar pessoas comuns em Líderes é preciso Despertar o que as fazem "fora da curva". Mobilizá-las em direção ao objetivo maior, neste momento já integrado ao seu DNA.

Para concluir, deixo um teste, um desafio para os que pretendem aprender a Liderar, os que pretendem enveredar pelos caminhos da Liderança Situacional Sistêmica. As imagens que ilustram este artigo, são um excelente exemplo de Mobilização; dos três passos que levam ao Resultado: Conhecer, Despertar, Ativar; da verdadeira essência da Liderança, como bem nos lembra Abraham Lincoln nesta célebre citação... 

"A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades 
extraordinárias em pessoas comuns."

Analise as fotos e encontre o seu caminho: dê o primeiro passo. Se precisar de ajuda, entre em contato: teremos prazer em servir!


Vital Sousa
integrum Consultoria

Os Mais Lidos Da Semana!

A Cartilha do ABC

Há alguns dias li uma notícia, num site sobre empreendedorismo, que uma empreendedora havia alcançado sucesso em seu negócio com uma inovação: ela estava produzindo sapatos ao gosto do Cliente, isto é: customizados ou personalizados ou, ainda, taylor made – sob medida.
- Como é que é?! Inovação!? Mas quando!?
Sou do tempo que sapatos, roupas, chapéus, joias e outros acessórios e adornos eram confeccionados sob medida e encomenda dos Clientes, então, para mim, esta empreendedora não está inovando: está fazendo o que é bastante comum no mundo da moda: voltando ao passado; fazendo uma releitura de um processo de produção. Não vou me aprofundar neste “revival” calçadista, porque a leitura da noticia me inspirou a fazer minha própria “inovação”: uma Cartilha do ABC para ensinar empreendedores e varejistas o “bê-a-bá” da Gestão de Estoques, Vendas Clientes, Cobrança, Capital de Giro e o fundamental Fluxo de Caixa. A Cartilha do ABC é uma ferramenta gerencial que serve para isso e muito mais.
C…

10 Perguntas Demolidoras

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio.
A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio.
Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores.
Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma associação mundial de…

FALAVarejista!PodCast.Sem15 - "Os Sete Pecados Capitais no Atendimento ao Cliente - DESRESPEITO"

FALA VAREJISTA!
O Pecado do DESRESPEITO é o tiro de misericórdia no Processo de Atendimento: se uma loja não respeita o Cliente, já está morta e não sabe...
Este é um Pecado tão "cabeludo" que preferimos não falar dele e irmos direto para a penitência; para a Solução... - Respeite o Cliente! - Tudo começa com o Respeito! - Respeito é bom e eu gosto! - Respeite para ser Respeitado!
Frases bem populares no nosso dia-a-dia, mas a realidade não corresponde à expectativa... Por isso vamos reforçar a famosa Política de Atendimento da Stew Leonard's, tão importante que foi talhada na pedra para não ser esquecida...
Regra 1. O cliente tem sempre razão; Regra 2. Quando o Cliente nao tiver razão, aplique a Regra 1.
Sempre que repito estas regras, escuto inúmeras controvérsias... Uns não entendem, outros não aceitam, outros discordam em parte, etc, etc, etc... Então para darmos continuidade ao trabalho darei a minha tradução para esta Política:
- Quando se tem a firmeza de dizer que "o C…