Pular para o conteúdo principal

Os Sete Pecados no Atendimento - Ignorância



O Pecado IGNORÂNCIA

Em todas as fontes de conhecimento sobre Atendimento ao Cliente, facilmente podemos encontrar textos sobre Clientes Difíceis, mas a mesma profusão não se encontra para textos sobre Atendentes Difíceis, pelo menos em lojas físicas - no atendimento de centrais telefônicas, textos sobre esses espécimes são bastante comuns. Essa situação decorre, talvez, em função de que o fato não mereça discussão, talvez porque este espécime seja tão desnecessário que desnecessário se faz discutir sobre o mesmo. Na prática, identificado, o espécime é imediatamente eliminado e ponto.

Difícil falar de ignorância no Atendimento ao Cliente e não lembrar o folclórico Seu Lunga. Sempre que alguém recebe um atendimento grosseiro, é provável que lembre a resposta irônica:

- Seu Lunga mandou lembranças!

Nada como inverter os papéis, não é verdade? Fazer com que usem a empatia; no mínimo, forçar uma reflexão por parte de quem atende de forma contrária ao bom senso. Vamos então inverter os papéis em algumas dicas de como tratar Clientes Difíceis para propor soluções para a questão do Pecado da Ignorância praticado por Atendentes e Empreendedores Difíceis. Recomendamos que estas dicas sejam transformadas em hábitos por aqueles que pretendem oferecer um atendimento minimamente cordial aos seus clientes.

A palavra “ignorância” admite algumas acepções. Neste texto, vamos entender como ignorância, a forma descortês e até mesmo grosseira com que clientes são tratados em alguns pontos de vendas onde os pecados no atendimento ao cliente parecem ser adotados como “diferenciais de qualidade”.  

Como hábito, vamos entender a predisposição para desenvolver Conhecimento (o Que e Porque fazer), Capacidade (Como fazer) e Vontade (Desejo de fazer) de Servir. Portanto, Excelência no Atendimento ao Cliente precisa ser entendida, além de um processo, como um hábito.

1 – Habitue-se a receber feedback
Não dá para imaginar que o Seu Lunga aceitaria de bom grado uma avaliação de seus clientes, mas é exatamente isso que propomos para Atendentes e Empreendedores Difíceis. Para convencê-los, vamos deixar para análise uma única informação: 89,0% dos clientes insatisfeitos, simplesmente não voltam ao ponto de vendas. Além disso, eles dizem a todos que conhecem para evita-lo.

2 – Habitue-se a receber reclamações
É bom desabafar. Então, habitue-se a ficar calmo e dar ao seu cliente a oportunidade de falar.  Não tente antecipar o que você considera como solução: isso vai tornar as coisas piores. Só depois de ter ouvido todos os sentimentos negativos é que os pontos positivos poderão ser avaliados.

3 – Habitue-se às confrontações
Ninguém acorda de manhã pensando que vai ter uma discussão com um cliente. O conflito é desconfortável para muita gente, mas por vezes o conflito é necessário para obtermos melhores resultados e um maior entendimento do cliente. Evitar um conflito não faz com que os problemas desapareçam. Estudos comprovam que quando um conflito fica bem resolvido, o cliente pode ficar ainda mais devoto do que seria se ele nunca tivesse tido um problema. Gerenciar bem os conflitos ajuda a criar confiança e credibilidade.

4 – Habitue-se a reparar os erros
Conhece a Lei de Murphy? Se existe a probabilidade de algo dar errado, algo irá dar errado. Por vezes não dá para prevenir, só remediar. Pergunte: como é que posso resolver esta situação? Muitas vezes os clientes pedem muito menos do que aquilo que nós pensamos. Tenha o melhor interesse deles em mente e irás ganhar a devoção dos seus clientes.



Todas as dicas nos levam ao início desta série de textos: aos tico-ticos do atendimento (O Pecado da APATIA) e a solução para o pecado da ignorância é habituar-se ao tico-tico do bem: o (empá)tico-(simpá)tico.


Vital Sousa
VTL Marketing

Comentários

Os Mais Lidos Da Semana!

O Líder Situacional Sistêmico

Todos querem Comprometimento , todos querem Engajamento , todos querem colaboradores Motivados , todos querem Equipes de Alto Rendimento ... Mas, quantos se preocupam, verdadeiramente, com as Condições de Trabalho, com o Clima Organizacional, com as Pessoas Certas nos Lugares Certos, com Pessoas que pensam em Pessoas?  Acredito que os Resultados tenham a prioridade nesta lista de situações. Resultados como Objetivo e não como Consequência de um trabalho bem feito. Resultados pelos Resultados: simples assim. Não sou contra os Resultados, nem contra os que os buscam determinadamente, afinal eu estou entre eles. O Lucro não é um "Pecado". Mas, lembrando de um lugar comum, o único lugar em que o Resultado vem antes do Trabalho é no Dicionário. Se você quer Comprometimento, Engajamento, Motivação e uma Equipe de Alto Rendimento , "fora da curva", aprenda a Liderar. Aprenda a conviver com a Liderança Situacional Sistêmica . " Com talento, ganhamos partidas. Com &

10 Perguntas Demolidoras

Ter uma Excelente ideia não basta. É preciso saber vender o seu peixe, a qualquer momento que seja preciso. Todo Empreendedor tem a obrigação de conhecer o seu Negócio nos mínimos detalhes. Isso é importante para Vender a ideia e para a gestão do negócio. Todo Empreendedor tem a obrigação de responder, e responder certo, estas 10 perguntas sobreo seu Negócio. A Young Entrepreneur Council fez uma lista com 10 questões que todos os investidores querem saber do dono de um negócio. Encarar um grupo de investidores é uma tarefa que exige muita preparação do empreendedor. Se ele quiser conquistar aquele aporte ou investimento para sua startup ou empresa, terá de responder com segurança a todas as dúvidas de seus inquisidores. Não são perguntas fáceis. Qualquer deslize na explicação do negócio ou desconhecimento de algum detalhe da operação pode custar o tão sonhado capital. Para ajudar os empresários nesse momento de tensão, os diretores do Young Entrepreneur Council, uma as

BLITZ TQV - Qualidade Total no Varejo

Pesquisas de Satisfação são ótimos indicadores da qualidade de Produtos e Serviços. Melhor do que isto são os Guias de Críticos e Consultores que avaliam criteriosamente o Ponto de Vendas e Prestador de Serviços. Baseados nestas premissas, criamos a BLITZ TQV - Qualidade Total no Varejo , para divulgar Melhores Práticas no Varejo de Vizinhança - a famosa "Loja de Bairro" - de todos os segmentos, e garantir que Qualidade e Melhor Preço não sejam Propaganda Enganosa. A BLITZ TQV está focada em Pontos de Vendas que mereçam a nossa atenção como Referência em seu segmento de mercado, pela Excelência no Atendimento ao Cliente , que possam ser considerados como provedores de Excelentes Experiências de Compras , consideradas pela ótica dos seguintes parâmetros: Qualidade dos Produtos / Serviços, Conforto, Excelência no Atendimento ao Cliente, Conveniência (Proximidade) e Melhores Preços. Nossa avaliação será "in loco", com a utilização da